segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

No estúdio da TV Assembleia será inaugurado nesta quarta-feira (21)

Jornalista Adriano Muniz é o coordenador de Comunicação da Assembleia

A Assembleia Legislativa realiza, nesta quarta-feira (21), às 10h, solenidade de inauguração do novo estúdio da TV Assembleia (canal 30), localizado na cobertura do edifício Senador César Cals. Com 75m² e três diferentes cenários, o novo espaço terá o primeiro estúdio panorâmico entre TVs legislativas.
O coordenador de Comunicação Social da Casa, Adriano Muniz, informa que a inauguração do estúdio é a primeira etapa para o início da transmissão digital da TV. Um transmissor digital está em fase de implantação e deverá estar operando até maio de 2017.
A partir da inauguração desta quarta-feira, estará em funcionamento a nova central técnica digitalizada e a redação. De acordo com Adriano Muniz, a programação vai contar com um “cenário vivo”, com visão panorâmica, que servirá de fundo para os dois telejornais da TV Assembleia; um cenário fixo e outro fundo chroma key.
“A TV Assembleia foi criada para dar transparência ao que acontece no Parlamento cearense e aproximar mais o cidadão do Legislativo. Com o novo estúdio e o sinal digital, o cidadão terá mais prazer em assistir à nossa programação, aumentando a audiência da TV, e vai passar a ter mais interesse em conhecer o mandato dos seus deputados”, opina o coordenador de Comunicação Social da AL.
As instalações atuais vão funcionar até o fim do período legislativo de 2016. Depois disso, janeiro será dedicado a treinamento da equipe técnica da TV Assembleia e gravações de programas pilotos. Segundo Adriano Muniz, em 1º de fevereiro, a TV fará cobertura especial da posse da nova Mesa Diretora da Casa já no estúdio novo.
O diretor da TV Assembleia, Leonardo Borba, destaca que o novo estúdio será quatro vezes maior que o atual e vai melhorar o trabalho na televisão, tanto na área de edição como na redação. “Agregando a isso, destaca-se a beleza do novo estúdio, que vai dar maior plasticidade às imagens da Assembleia Legislativa”, pontua.