domingo, 10 de junho de 2018

Mercado de Trabalho - No Ceará, 12,63% das contratações no 1º semestre foram por meio do Sine


O estado do Ceará empregou 12.223 pessoas por intermédio do Sistema Nacional de Emprego (Sine) no primeiro trimestre de 2018. O número corresponde a 12,63% do total de 96.778 das admissões registradas no período.
Os números são do Boletim de Políticas Públicas de Emprego, Trabalho e Renda, divulgado pelo Observatório Nacional do Mercado de Trabalho. Em todo o país, 159.932 pessoas conseguiram emprego por meio do Sine no mesmo período, sendo que 11,3% das colocações foram de trabalhadores requerentes do seguro-desemprego (18.072).
Qualificação
A Escola do Trabalhador, uma das principais ações de qualificação e combate ao desemprego do Ministério do Trabalho, já recebeu 417.680 matrículas em pouco mais de seis meses de funcionamento.
A plataforma de ensino à distância, lançada em 21 de novembro do ano passado, tem recebido uma média de 2,3 mil inscrições por dia de todos os estados brasileiros. O maior número de inscrições foi para os cursos de inglês aplicado ao trabalho, introdução ao Excel e segurança da informação. Quanto ao perfil das participantes, 50,97% eram mulheres, principalmente nas faixas etárias de 18 a 24 anos (29,1%) e 25 a 34 anos (34,78%).
Os cursos são feitos pela internet, no site http://escola.trabalho.gov.br. Pode ser acessado de qualquer computador e por qualquer pessoa. Não há pré-requisitos para cursá-los e também não existe escolaridade mínima exigida.