segunda-feira, 4 de junho de 2018

Eunicio diz que governo Temer não tem credibilidade para pautar reformas

EUNÍCIO fez críticas a Temer após missa pelos 50 anos de Camilo EVILÁZIO BEZERRAO presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), avalia que efeitos da crise de combustíveis deixaram “muito difícil” a relação do governo Michel Temer (MDB) com o Congresso. Em entrevista , o senador criticou política de preços adotada pela gestão na Petrobras e disse que o Planalto não tem “credibilidade” para pautar reformas ainda neste ano. “Estamos no final de governo, e é um governo fragilizado, sem aplausos nas ruas, sem credibilidade do ponto de vista político. É preciso que a gente tenha ciência disso”, disse Eunício, destacando que uma reforma na Previdência precisa ser pauta para o próximo presidente. “São eles que, eleitos, terão legitimidade para fazer reformas”. O presidente do Congresso também se queixou da postura do Planalto durante a greve de caminhoneiros, que teria deixado boa parte do desgaste com a população “sobrar” para os parlamentares. “Tivemos que entrar nesse processo inteiro, sermos fiadores, uma vez que, pelo tamanho do desgaste do governo, não só na greve mas no todo, as pessoas exigiam”, afirma. “Acabou sendo tudo resolvido pelo Congresso, que não tem nenhuma participação na construção de preços da Petrobras. Quem tem que cuidar disso é o Executivo e a agência controladora (...) eu sinceramente passei por dias muito difíceis, mas graças a Deus tudo caminha para a normalidade”, diz. O Povo