bnb

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Ex-Vice Prefeito de Várzea Alegre decide disputar uma cadeira na Assembleia Legislativa

Resultado de imagem para pablo rolim varzea alegre
Pablo Rolim, ex-prefeito de Várzea Alegre, é pré-candidato à Deputado Estadual. Depois de avaliar o cenário político e conversar com apoiadores, Pablo entendeu que era hora de Várzea Alegre ter um representante da terra para defender os interesses do município e da região no legislativo estadual.

Destacando a experiência política na Prefeitura Municipal, Pablo traz ideias novas que podem ser transformadas em projetos para melhorar a qualidade de vida da população da cidade. “Durante o tempo que passei na Prefeitura vi que nosso povo precisa de muito mais do que temos recebido hoje dos nossos representantes na Assembleia. Precisamos de uma voz mais ativa no parlamento estadual que reforce as ações em prol do nosso município na Assembléia”, afirmou Pablo.

Pablo acredita que é preciso ampliar o debate sobre o desenvolvimento de Várzea Alegre e buscar formas de levar mais emprego e oportunidades de trabalho, principalmente para os jovens.

“A Fundação Farol é uma experiência que nos ajudou a construir essas ideias, de que é possível dar mais chances de crescimento profissional e capacitação para quem quer realmente empreender e ter uma vida melhor em nossa cidade”, garante Pablo.

Além disso, uma preocupação de Pablo é que a Assembleia Legislativa tenha realmente uma renovação na sua configuração. Analisando com cuidado a composição dos legislativos estaduais e federais, ele percebeu que a hereditariedade, o nepotismo e o compadrio prevalecem na formação das bancadas. “Aqui no Ceará, as movimentações sobre as pré-candidaturas proporcionais para 2018 dão conta de nomes formados por "filho de A", "esposa de B", "irmão de C", criando um ambiente em que a renovação propriamente dita não acontece, mas sim uma substituição de familiares”.

Diante disso, a decisão de entrar mais uma vez na disputa política se dá pela necessidade do surgimento de novas lideranças para oxigenar a atuação na Assembleia.