bnb

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Cunha diz que Funaro mentiu sobre encontro com Temer


Em depoimento ao juiz Vallisney de Souza Oliveira, nesta segunda-feira, 6, o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB) afirmou que o corretor Lúcio Bolonha Funaro mentiu sobre encontros com o presidente Michel Temer (PMDB) em sua delação premiada. “Esses três (encontros) que ele cita ele nunca teve. Na minha frente, ele nunca cumprimentou o Michel Temer”, disse o ex-presidente da Câmara, preso há mais de um ano.
No acordo, Funaro citou um encontro na base aérea de São Paulo, outro durante comício em Uberaba (MG), nas eleições municipais de 2012, e um terceiro numa reunião de apoio à candidatura de Gabriel Chalita (PDT) à Prefeitura de São Paulo, também em 2012. Na época, Temer era vice-presidente.
O depoimento de Cunha é mais uma etapa da fase de interrogatórios dos réus na ação penal derivada da Operação Sépsis, que investiga o pagamento de propina por grandes empresas para liberação de aportes do Fundo de investimento do FGTS.
Já foram ouvidos o ex-vice-presidente de Fundos e Loteria da Caixa, Fábio Cleto, o empresário Alexandre Margotto e o corretor Lúcio Bolonha Funaro. Após Cunha, será a vez do também ex-presidente da Câmara dos Deputados Henrique Eduardo Alves ser interrogado pelo juiz Vallisney de Souza Oliveira, ainda nesta segunda-feira.
(Estadão)