terça-feira, 31 de outubro de 2017

HUB irá conectar o Ceará com o mundo, afirma Guimarães

 A operação do hub Air France-KLM e GOL em Fortaleza trará grande impacto inicial no fluxo do turismo no Estado. A expectativa é que, a partir de maio de 2018, o centro de conexões seja responsável por 50% dos passageiros domésticos e 23% de estrangeiros que chegam ao Ceará. Uma movimentação de 1,5 milhão de turistas ao ano através de voos nacionais e 70 mil visitantes vindos de voos internacionais. 

Com o hub, o Aeroporto Internacional Pinto Martins, na Capital, será centro de conexões aéreas internacional, com voos diretos para Paris (França) e Amsterdã (Holanda). Conforme apresentado no evento, serão 26 voos ofertados a mais do que atualmente no Ceará, sendo 21 da GOL diariamente e cinco do Grupo Air France-KLM por semana. Três destas viagens terão como destino Amsterdã, operados pela KLM, e dois à cidade de Paris, operados pela Joon, nova empresa da Air France.

Para atender efetivamente aos voos da Air France-KLM em Fortaleza, a malha aérea da GOL em Natal, Recife, Salvador, Belém e Manaus será adaptada. Os voos conectados entre o grupo franco-holandês e a parceira brasileira estarão disponíveis para compra nos sites da Air France e da KLM a partir da primeira semana de novembro. A expectativa é que aumente o número de destinos brasileiros servidos pelas empresas por meio de Fortaleza.
"Sem dúvida é uma vitória para ao povo do Ceará que verá sua economia ganhar uma nova propulsão principalmente com o incremento da área de turismo. Camilo Santana está de parabéns por todo o esforço que fez para trazer o empreendimento para o Estado", comentou Guimarães.