bnb

segunda-feira, 17 de julho de 2017

Mano Morais participa da 9ª Conferência Municipal de Assistência Social, em Mauriti

Prefeito Mano Morais abriu a conferência. (Fotos: Divulgação)

Com o tema "Garantia de Direitos no Fortalecimento do SUAS", Mauriti realizou no auditório da Escola Profissionalizante Padre João Bosco de Lima a 9ª Conferencia Municipal de Assistência Social. O evento de grande importância para assistência social do município foi realizado na sexta-feira (14), sendo discutidos assuntos sobre o tema, definidas propostas e eleitos delegados para etapa estadual da Conferência.



Num primeiro momento, pela Manhã, autoridades estiveram presentes na a abertura oficial. O prefeito Mano Morais (PDT), em sua fala inicial dos trabalhos, ressaltou a importância do debate de ideias. “Tenho certeza que daqui sairá um importante instrumento em prol da sociedade”, pontou.
Na oportunidade o prefeito Mano Morais fez mais uma prestação de contas à comunidade, falou das dificuldades que estão atormentando o município no que tange ao corte de verbas, diminuição de receita e falou sobre os bloqueios de dinheiro por conta do Governo Federal no Fundeb. O chefe do executivo municipal apresentou ainda aos presentes algumas cobranças que o município ainda vem recebendo herdadas da administração anterior.

Assistentes sociais lotaram o auditório

Estiveram presentes também ao evento a presidente da Câmara Municipal Fernanda Martins que também é assistente social, o vice prefeito Vitor Martins, alguns vereadores e os secretários Creuza Milcharek da educação, Rener Oliveira da Fazenda, Cartaxo Lucena de Agricultura e Tiago Bezerra, da saúde; além da secretaria de Assistência Social Cleide Alves e integrantes do Conselho Municipal de Assistência Social CMAS que tem como presidente Emanuelle Cristina Ramalho, e representantes da sociedade civil.
Para levantar questionamentos e trazer informações do tema, Rosangela Oliveira Araruna, assistente social ministrou a palestra aos presentes, também houve a apresentação dos painéis pela sta. Leily Moura. Após a apresentação foram criados quatro grupos de trabalhos que debateram entre si questões de interesse social com registro das opiniões consensuais e elaboraram relatório final, além de eleger os delegados.
(Com informações da Assessoria de Imprensa)