domingo, 3 de fevereiro de 2019

Iguatu bate recorde e recebe o maior repasse de recursos do Governo Federal. Enquanto isso os professores estão em greve por falta de condições de trabalho


Enquanto alguns municípios brasileiros têm passado dificuldades financeiras devido à queda nos repasses de recursos provenientes do Governo Federal, Iguatu, na Região Centro Sul, tem vivido o inverso.

E está tudo registrado no Portal da Transparência. Durante o mês de janeiro deste ano, a Prefeitura de Iguatu recebeu um crédito de receitas em suas contas no montante de R$ 12.244.780,00. Além desse montante, também foi creditado R$ 1.825.359,00 para custeio da saúde pública municipal.

Toda essa “dinheirama” é proveniente de transferências do Governo Federal, através do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), do Fundeb, ICMs, IPVA e outros fundos.

Volume de recursos jamais recebido pelo município em um único mês.

Somente para o Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), foi depositado na conta da Prefeitura de Iguatu (janeiro) o valor de R$ 6.725.630,87. E enquanto isso, os professores da rede municipal de ensino estão em greve porque o prefeito Ednaldo Lavorsimplesmente alega que não há suporte financeiro para atender algumas reivindicações da categoria.