segunda-feira, 24 de dezembro de 2018

Sérgio Cabral estaria negociando delação premiada, diz jornal


Ex-governador do Rio Sérgio Cabral Filho (MDB) está negociando uma delação premiada, segundo informações do jornal O Globo publicadas neste domingo, 23. Cabral já foi condenado oito vezes e soma 197 anos e 11 meses de reclusão por crimes como corrupção passiva, lavagem de dinheiro e associação de criminosa.

O jornal informa que Cabral teria dado uma procuração para que seu novo advogado, João Bernardo Kappen, organize uma colaboração premiada com o Ministério Público Federal do Rio e com a Procuradoria-Geral da República. As conversas com os responsáveis pela Operação Lava Jato no Rio já teriam iniciado.

O ex-governador comandou o Rio de Janeiro de 2007 a 2014 e pode oferecer informações sobre as negociações envolvendo a organização da Copa do Mundo de 2014 e das Olimpíadas em 2016 na capital fluminense. O jornal diz ainda que integrantes do Tribunal de Justiça do Rio (TJ-RJ) e do Superior Tribunal de Justiça (STJ) podem estar nas delações.