quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Santana do Cariri - Com derrota iminente, prefeito Pedro Henrique retira chapa da situação e vereadora Luciene Soares é eleita por unanimidade


A base do prefeito Pedro Henrique (MDB) se rendeu a articulação feita pela oposição, que acabou sendo vitoriosa na eleição para a mesa diretora da Câmara Municipal de Santana do Cariri.

Sem alternativa e sabendo que a eleição estava perdida, Pedro Henrique autorizou momentos antes da votação ocorrida nesta quinta-feira (6), a retirada da chapa da situação e que seu grupo de vereadores aliados votasse na chapa de oposição. Dessa forma, a vereadora Luciene Soares (PDT) foi eleita por unanimidade, ou seja, 11 votos.

Essa foi a segunda eleição da mesa diretora para o biênio 2019-2020 em pouco mais de um mês. No último dia 1/11, o atual presidente Gildo Lopes, tio do prefeito Pedro Henrique, tentou aplicar um golpe, ao desrespeitar o Regimento Interno da casa e eleger um aliado da base do prefeito Pedro Henrique.

Dias depois, a Justiça anulou a sessão e marcou para esta quinta (6), nova eleição, determinando que os nomes das duas chapas inscritas anteriormente fossem mantidos para o novo pleito. Devido a manobra articulada pela base governista, deste vez, o pleito foi fiscalizado por um representante da OAB-CE indicado pela Justiça.

Sentido o peso da Justiça em suas costas e sem ter mais como manobrar o pleito, a base governista jogou a toalha e decidiu apoiar a vereadora Luciene Soares, que por sua vez, promete fiscalizar com rigor todas as contas e decisões do executivo.

Para o prefeito Pedro Henrique, que em cinco meses de governo já acumula várias denúncias administrativas na Câmara Municipal, ele e seus agregados nesta eleição da mesa diretora só resta colher a derrota.