sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

Juazeiro do Norte adere ao projeto Vidas Preservadas do MPCE

A Prefeitura de Juazeiro do Norte, por meio das Secretarias da Saúde (SESAU) e de Desenvolvimento Social e Trabalho (SEDEST), aderiu ao Projeto Vidas Preservadas, uma proposta criada em 2018 pelo Ministério Público para promover a prevenção do suicídio.
O Município se comprometeu a elaborar um Plano de Ação para intervir nesse agravo, com o objetivo de reduzir o número de casos, através do apoio psicossocial às pessoas em situação de risco, que se desenvolverá de forma articulada e intersetorial.
Na última terça-feira (18), foi realizada reunião para apresentação do Projeto, com a participação de representantes da Vigilância Epidemiológica, Atenção Primária à Saúde, NASF, Rede de Saúde Mental, SEDEST, Guarda Civil Municipal e imprensa. Foram discutidos indicadores do agravo a nível mundial, nacional, estadual e municipal. A partir dos dados e do diagnóstico da situação do Município, serão elaboradas propostas para o fortalecimento de políticas efetivas de intervenção no problema. Com isso, busca-se também garantir recursos públicos.
Sobre o Vidas Preservadas
O Projeto Vidas Preservadas tem como missão contribuir para a prevenção do suicídio no Ceará, através da ação conjunta entre o MP e a sociedade. Para tanto, uma das linhas de atuação envolve capacitações, como o “Planejamento Estratégico do projeto Vidas Preservadas nos Municípios”. O objetivo central é sensibilizar e habilitar os gestores e técnicos municipais para criar comissões municipais e, em seguida, construir e aprovar o Plano Municipal de Prevenção e Posvenção do Suicídio. Em 2018, 48 municípios aderiram ao projeto.

Assessoria de Imprensa