terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Exposição de rádios disponível na ACI até o próximo dia 17


Em parceria com a Associação Cultural de Ouvintes de Rádios do Ceará, presidida por Verônica Fontenele, a Associação Cearense de Imprensa (ACI) inaugurou, nesta segunda-feira (03/12), uma exposição de rádios antigos, a maioria da década de 40 e 50. A exposição, com entrada franca, permanece na instituição até o dia 17 de dezembro.

A exposição foi aberta pelo vice-presidente da ACI, Wilame Moura, e contou com a presença de radialistas como Narcélio Limaverde e José Maria Chaves, que falaram, na ocasião, relembrando fatos marcantes da época áurea do rádio.

O acervo, que pertence à Associação Cultural de Ouvintes de Rádio do Ceará, conta com mais de 30 aparelhos, todos de válvulas e todos funcionando. Um deles é apresentado em forma de maquete do prédio da antiga Rádio Uirapuru. A exposição conta também com banners e fotos que contam a história do rádio no Ceará.

Mas o momento de maior emoção foi ouvir, em um dos rádios antigos, os prefixos das emissoras associadas do Brasil, como o da Rádio Iracema, e dos principais programas da época, levando Narcélio, com 65 anos de profissão, às lagrimas.

Participaram da solenidade de abertura representantes da diretoria da ACI e membros da Associação de Ouvintes do Rádio. Na ocasião foi feita uma homenagem a Wilame Moura, que junto com Audifix Rios, adaptou a imagem do Curumim da TV Tupi, para a TV Ceará Canal 2.

O cantor Dilson Coelho encerrou a solenidade com uma apresentação musical.

A exposição, que tem como principal objetivo preservar o rádio AM no Ceará, ficará aberta ao público até o dia 17 de dezembro, das 8 horas às 17 horas, na sede da ACI, na rua Floriano Peixoto, 735 (quarto andar), no Centro de Fortaleza.

Mais informações em contato com a ACI: fone 85.3226.6787.