quinta-feira, 22 de novembro de 2018

André Figueiredo cobra esclarecimentos da casa civil acerca da paralisação de processo de empréstimo para Fortaleza

Em entrevista à Rádio CBN O Povo, o deputado federal André Figueiredo voltou a criticar a paralisação do processo de liberação de mais de R$ 500 milhões para ações de revitalização e urbanização na cidade de Fortaleza. Os recursos são fruto de um empréstimo financeiro junto ao Banco Mundial para o programa Fortaleza Cidade Sustentável. O processo de liberação de empréstimos internacionais precisa obrigatoriamente passar por aprovação do Tesouro Nacional, e posteriormente, a Presidência da República encaminha para votação no Senado Federal. Depois de meses na Casa Civil, aguardando envio ao Senado, o processo foi devolvido ao Tesouro Nacional, sem qualquer explicação.

Em busca de resolver o impasse, André Figueiredo apresentou requerimento na Câmara dos Deputados cobrando ao Executivo Federal explicações sobre o processo e as razões para a devolução sem detalhamento prévio. Para o parlamentar cearense, sem impedimentos técnicos anteriores e até mesmo pela interlocução e proximidade política entre o senador Eunício Oliveira e o presidente Michel Temer não haveria motivos para que o projeto fosse paralisado e devolvido. “Por mais diferenças políticas que existam não podemos acreditar em manipulação por qualquer parte que seja de recursos que são tão importantes para a cidade. Fortaleza está acima de qualquer disputa política. Por isso, encaminhei requerimento para saber exatamente o que motivou esse impasse”, avaliou.

Veja a íntegra do requerimento de informação: https://goo.gl/PA1feR