quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Vídeo de Cid Gomes é usado na propaganda eleitoral de Bolsonaro

O programa eleitoral de Jair Bolsonaro (PSL) usou as falas do senador eleito Cid Gomes (PDT) contra o PT em sua propaganda política exibida nesta terça-feira (16).
Desde a noite da segunda-feira (15), o discurso do ex-governador do Ceará em evento pró-Haddad tem gerado polêmica. “Tem que pedir desculpas, tem que ter humildade, tem que ter humildade e reconhecer que fizeram muito besteira”, disse Cid no ato organizado pelo governador reeleito Camilo Santana (PT).
Ao site da Folha de S. Paulo, Cid disse que não autorizou o uso de sua imagem e que examina medidas judiciais cabíveis contra o uso de seu discurso na campanha do PSL. “Não autorizei, muito menos a Bolsonaro, a usar minha imagem. Eu examinarei medidas judiciais pela exclusão de minha imagem”, disse.
No Facebook, no mesmo horário da propaganda eleitoral, Cid publicou texto declarando apoio a Fernando Haddad (PT).
A propaganda de Bolsonaro mostra também a cena em que, diante da reação negativa da plateia, Cid dispara: “É assim, é? Pois tu vai perder a eleição. Não admitir os erros que cometeram é pra perder eleição e é bem feito. É bem feito perder a eleição”, diz o pedetista no vídeo.
Quando militantes começam a gritar “Lula, Lula”, Cid completa: “Lula o quê? O Lula está preso, babaca”. Depois das imagens em que Cid discursa, o locutor da propaganda de Bolsonaro diz: “Nessa eleição, é o Brasil contra o PT”.


(TC)