quarta-feira, 26 de setembro de 2018

MP do Trabalho notifica prefeito interino de Quixadá sobre atraso de salários

O procurador chefe do Ministério Público do Trabalho no Ceara, Francisco José Parente Vasconcelos Júnior, notificou o prefeito interino de Quixadá, João Paulo de Menezes Furtado, para audiência neste quarta-feira (26) na sede da Procuradoria Regional do Trabalho, em Fortaleza.

De acordo com documento do do MP do Trabalho, o ato tem como objetivo uma ação de mediação entre o Município, a empresa FD Empreendimento e o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio e Conservação do estado do Ceará. O motivo é os atraso salariais de funcionários terceirizados.

A iniciativa foi tomada pelo Sindicato dos Empregados após a prefeitura atrasar o pagamento dos salários de parte dos contratados para prestação de serviços em vários órgãos do Município.

A administração municipal justificou os atrasos em razão de estar atendendo recomendação do Ministério Público do Ceará, para averiguação da existência de possíveis funcionários “fantasmas” na sua folha de pagamento. Com a conclusão dos levantamentos os pagamentos serão regularizados.

Afastamento de prefeito

Eleito pelo voto popular, o prefeito Ilário Marques foi afastado do cargo no dia 16 de agosto passado, por decisão cautelar do desembargador Francisco Lincon Araújo e Silva, do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE), com culminância na Operação “Fiel da Balança”, do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE).