segunda-feira, 17 de setembro de 2018

Gestão cratense encerra ciclo de audiências públicas da Lei Orçamentária Anual 2019


Na semana passada, de 11 a 14, a gestão municipal cratense realizou uma sequência de audiências públicas para auxiliar a Lei Orçamentária Anual (LOA) 2019 da cidade.
Esses encontros objetivam sobretudo a participação ativa da sociedade, bem como evidenciar a transparência na qual a gestão vem administrando democraticamente o serviço público municipal.
Na terça-feira (11), a primeira audiência foi realizada na Escola Professora Rosa Ferreira de Macêdo, no Baixio das Palmeiras, onde foram disponibilizadas informações acerca dos instrumentais e leis para a preparação do orçamento municipal e realizada uma discussão da lei orçamentária para o ano de 2019, com ênfase na questão de onde serão aplicados os recursos arrecadados pelo município.
O segundo momento aconteceu na quarta-feira, (12), no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) Edvardo Ribeiro, no distrito de Ponta da Serra. O terceiro encontro, na quinta-feira (13), teve como cenário a Escola de Ensino Infantil e Fundamental Raimundo Nonato de Souza, no Distrito de Dom Quintino. Essas três primeiras reuniões foram na zona distrital e contaram com a participação efetiva das comunidades.
Moradores dos respectivos distritos e adjacências abordaram temáticas como saúde, infraestrutura, e assistência, com reivindicações pertinentes, mas também com elogios ao trabalho da gestão.
Paralelamente às audiências, as secretarias municipais puderam não só participar na discussão de propostas da LOA, mas também disponibilizando serviços de agendamento e atualização do cadastro do Bolsa Família; distribuição de mudas; aferição da pressão arterial; teste rápido de sífilis; e o atendimento de demandas sobre a administração, por meio da Ouvidoria do Município.
Na última sexta-feira, (14), foi a vez da sede receber o quarto encontro de discussão sobre a Lei Orçamentária Anual, momento realizado no Salão de Atos da Universidade Regional do Cariri (URCA). Na ocasião, o gestor da Secretaria de Finanças e Planejamento (SEFIN), Carlos Eduardo Marino, esclareceu pontos sobre a LOA, sempre destacando o quão importante ela se faz para o desenvolvimento da cidade. “Precisamos planejar de forma efetiva, crescente e participativa, nenhum planejamento pode ser estático. É necessário acompanhamento e avaliação.”
Marino também destacou o Monitoramento de Ações e Projetos Prioritários (MAPP) que acompanha e supervisiona o que está sendo realizado no município, bem como fornece informações sobre toda execução financeira.
O Assessor técnico da SEFIN, Filemon Souza, proferiu informações acerca da construção da LOA destacando que ações participativas são ferramentas para a efetivação da transparência administrativa.
O Gerente geral da Caixa Econômica Crato, Rildo Feitosa, colocou seu ponto de vista enaltecendo as potencialidades turísticas que a cidade possui, solicitando a construção de projetos que viabilizem uma ascensão no turismo cratense.
O prefeito Zé Ailton Brasil, que esteve presente em todas as audiências, fez um breve relato sobre os principais investimentos que o município tem realizado na cidade, atendendo as metas traçadas no Plano Plurianual (PPA). Foram citados: o Programa Caminhos do Crato, que prevê um volume total de R$ 43,8 milhões em pavimentação; o Água Todo Dia, com a previsão de aporte de R$ 51 milhões para abastecimento de água e esgoto; O Crato Saneado, com R$ 27 milhões em saneamento, atendendo o Seminário, Cacimbas e Batateiras; na Educação serão aplicados R$ 7,4 milhões para construção de duas creches e reformas nas unidades escolares, o projeto Crato Cuidando de Você, com R$ 29 milhões para investimentos e manutenções da saúde; dentre várias outras ações de melhoria para a cidade do Crato. “Trata-se de um plano de crescimento e desenvolvimento para nossa cidade, com a relevante participação dos munícipes. Continuaremos com o desenvolvimento de mais projetos, o planejamento de mais ações e na captação de novos recursos que possam trazer o progresso e melhorar as condições de vida dos cratenses”, disse o chefe do executivo cratense.
Também presentes na quarta audiência da LOA 2019, o vice-prefeito André Barreto, os vereadores Guri, Bebeto Anastácio e Amadeu de Freitas, secretários municipais e lideranças comunitárias.

(Assessoria de Imprensa)