sexta-feira, 24 de agosto de 2018

Mesmo com cotas para mulheres várias coligações não estão cumprindo a lei

Para assegurar o minimo de candidatura feminina a lei eleitoral brasileira exige que partidos e coligações respeitem uma cota minima de 30% na lista de candidatos na Câmara dos Deputados,  Câmara Legislativa, Assembleias Legislativas e as Câmaras municipais.
Segundo dados do Tribunal Superior Eleitoral de cada 10 candidatos nessas eleições de 2018 apenas 3 são mulheres, proporção  que não aumentou desde o pleito de 2014 o que demonstra a desproporção de acordo com a média populacional. No pais a cada 10 pessoas 5 são do sexo feminino
Ainda assim há  um bom numero de partidos que não estão cumprindo a lei, sendo cabíveis de punição, impugnação de coligações ou notificações para ajustes.
Segundo informações do site G1, os TREs do pais apresentam cerca de 32 chapas notificadas  ou impugnadas  até  o presente momento, isso significa dizer que 10% das cerca de 700 coligações estão descumprindo a cota. Vale acrescentar que esses dados podem mudar devido as informações de coligações e pedidos de registro estarem diariamente se atualizando.