quarta-feira, 25 de julho de 2018

Empresa suíça poderá administrar o aeroporto de Juazeiro Do Norte

Bloco Nordeste compõe o aeroporto de Juazeiro. Foto: Elisângela Santos
Uma operadora de aeroportos da suíça poderá adquirir o terminal Orlando Bezerra de Meneses em leilão na próxima rodada de aquisições aeroportuárias que a empresa faz com o Governo Federal. Até o fim do ano, o terminal de Juazeiro do Norte pode a ser administrado pela Zurich Airport Latin América, empresa sediada em Zurique, capital da Suíça, que tem outros aeroportos no Brasil sobre sua administração, além do Chile e Colômbia.
A quarta rodada de negociação para privatização de aeroportos administrados pela Infraero tem aeroportos do Nordeste como a próxima oportunidade para a empresa. Entre esses terminais está o de Juazeiro como um de seus alvos. “Em uma mensagem geral, estamos sempre olhando sim para a próxima rodada”, disse Stefan Conrad, CEO da companhia na América Latina, referindo-se à rodada do “Bloco Nordeste”.
Os terminais de Recife (PE), Maceió (AL), Aracajú (SE), João Pessoa (PB), Campina Grande (PB) e Juazeiro do Norte (CE) são os negócios olhados pela empresa.
Números positivos, nova infraestrutura
4,51% foi o número que o aeroporto de Juazeiro registrou em junho desse ano. Ao todo 258. 296 passageiros movimentaram o terminal em embarques e desembarques. 
Ao mesmo tempo em que passageiros movimentam o Cariri pelo terminal, benfeitorias no melhoramento da pista estão sendo feitas para que no futuro próximo a capacidade de aeronaves como o Airbus A320 passe a pousar e decolar. O custo da obra é de cerca de R$ 600 mil, advindas do Governo Federal, com contrapartida de Eunício Oliveira que destinou a verba para o melhoramento da pista do terminal Orlando Bezerra de Meneses. 
Com informações do Diário do Nordeste