terça-feira, 10 de julho de 2018

Em Juazeiro, senador Magno Malta intercala discurso religioso com política


Uma alternância de discurso político e culto religioso. Esse foi o tom do encontro que o senador pelo Espírito Santo, Magno Malta (DEM) com evangélicos de várias igrejas e adeptos da pré-candidatura do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL-RJ), em Juazeiro do Norte.
A princípio, o senador falaria para uma plateia evangélica, mas a conjuntura política nacional deu o mote da conversa. E foi aí, que Magno Malta não poupou críticas aos partidos de esquerda e brandou aos quatro cantos, que "Lula merece estar preso, porque é ladrão", afirmou o senador ao mesmo tempo que era ovacionado com gritos de "aleluia".
Acompanhado do deputado estadual Capitão Wagner, Malta ainda aproveitou o encontro para apresentar aos participantes o empresário Luiz Eduardo Girão, pré-candidato ao Senado pelo PROS. O senador também encontrou tempo para criticar os programa sociais do Governo Federal como o bolsa família. "Esses programas servem de cabresto eleitoral. Não dão oportunidade de melhorar a vida daqueles que saem da estrema pobreza", pontuou.