quarta-feira, 25 de julho de 2018

Assista o vídeo: Reconhecimento - Direção do Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, agradece a Eunício pela reforma do setor de oncologia

Hospital é especializado em oncologia

O Hospital Maternidade São Vicente de Paulo, em Barbalha, concluiu a obra de restruturação do setor de oncologia e recepção de pacientes de acordo com todas as exigência da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e acabando a fila de espera.  E nesta quarta-feira (25), a diretora do hospital Irmã Rosamaria de Lira fez questão de agradecer por meio de vídeo (assista a gravação abaixo) ao senador Eunício Oliveira, que destinou R$ 500 mil de emenda parlamentar e articulou junto ao Ministério da Saúde a liberação de mais recursos para o hospital.
O Hospital Maternidade São Vicente de Paulo é referência na saúde do paciente com câncer no Cariri e no sul do estado, contando com uma equipe multiprofissional atuando de forma integrada e atende a pacientes também dos estados da Paraíba e Pernambuco. A reforma vai proporcionar melhoria e a ampliação no atendimento oncológico.
"Agradeço ao senador Eunício pela dedicação e acolhimento que sempre nos deu, seja pessoalmente ou por meio de seus assessores. Agora em agosto vou pessoalmente à Brasília agradecer", disse a irmã Rosamaria.
No final do ano passado, o São Vicente, assim como os hospitais do Coração e Santo Antônio, todos em Barbalha, entraram em colapso financeiro por conta da demora do repasse do SUS. De um lado, o senador Eunício Oliveira agiu junto ao Governo Federal para liberação de verbas junto ao Ministério da Saúde, e do outro o governador Camilo Santana, que através da Secretaria de Saúde do Estado liberando  R$ 14 milhões por ano para o custeio do hospitais barbalhenses.
O hospital filantrópico é ainda referência em parto de alto risco, realiza em média 40 partos por mês. Atende a pelo menos 60% – mas pode passar dos 70% – dos seus pacientes pelo Sistema Único Saúde, sendo a maior referência em oncologia do interior cearense.

Assista o vídeo: