segunda-feira, 23 de julho de 2018

Abastecimento d’água garantido até o ano que vem, segundo o Governo do Estado

Açude Cedro em Quixadá. Foto: Sertão Alerta

Com a construção de obras contra a seca, o Governo do Estado garante que o Ceará terá segurança hídrica esse ano. Ao todo foram feitas mais de 1.268 obras, incluindo construção de poços profundos, chafarizes, adutoras e sistemas de dessalinização que para os órgão que administram o sistema de água, pode garantir abastecimento até o ano que vem. O fim da quadra chuvosa e a aproximação do período seco é um alerta para a capital e municípios, principalmente os localizados em regiões com menos ocorrências de chuvas como Sertão Central e Vale do Jaguaribe.
Para o titular da Secretaria de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, o bom uso dos equipamentos construídos, com o sistema de adutoras e ainda uma gestão eficiente da água, são garantias que fazem com que os municípios cheguem até 2019 com o abastecimento regular. “Pretendemos chegar até a próxima estação dentro dessa normalidade garantindo o atendimento com a construção de poços, adutoras e, quando não der, com parro pipa.”
Esse reforço necessário o secretário fala em municípios localizados no Sertão Central e Vale do Jaguaribe, que são as regiões que mais preocupam.
“Nas zonas urbanas, o estado tenta garantir o abastecimento convencional, com agua na torneira. E na zona rural, onde não tem essa oferta, ou aquele determinado açude que secou, a gente tenta atender o máximo possível com chafarizes. Quando não dá, a operação carro-pipa complementa.”
A promessa para a segurança hídrica ao estado é com a Transposição do Rio São Francisco, mas a previsão é que ela só chegue ao Ceará no fim do ano, segundo o Ministério da Integração Nacional.
Com informações do Diário do Nordeste