sexta-feira, 22 de junho de 2018

Fortalecimento da Agricultura Familiar será tema de seminário no Cariri


O Instituto Social de Arte e Cultura do Ceará, com o apoio da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Agrário (SDA) e do Instituto Agropolos, realizará no próximo dia 28 de junho, das 8h às 16h, a 1º etapa do Ciclo de Seminários “Cenários para o Fortalecimento da Agricultura Familiar”, na Fábrica Escola de Processamento de Cana-de-Açúcar do Cariri, no município de Barbalha.
O seminário irá debater o cenário e as perspectivas para agricultura familiar, tendo como objetivo discutir medidas para o desenvolvimento social e econômico dos municípios. A importância dessa iniciativa se faz necessária nos dias atuais no tocante a autossubsistência, a geração de emprego e renda para as famílias rurais.
De acordo com o último Censo Agropecuário do IBGE de 2006 (um novo deve ser divulgado neste ano), são os agricultores familiares que produzem 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros. As pequenas propriedades são responsáveis por 87% da produção nacional de mandioca, 70% da produção de feijão, 46% do milho, 38% do café, 34% do arroz, 58% do leite, 59% do plantel de suínos, 50% das aves, 30% dos bovinos e, ainda, 21% do trigo. Já as grandes propriedades rurais são voltadas para produção de commodities, grãos, com alvo para exportação, e alguma coisa que abastece a indústria.
Dentre as atividades programadas para o Ciclo de Seminários destacam-se palestras com temáticas importantes para o setor, como “políticas públicas para agricultura familiar”; “agricultura familiar no resgate da agroindústria canavieira”; “empreendedorismo na agricultura familiar”; e “alternativas ao uso de agrotóxicos na agricultura familiar”. Durante o evento também será assinado o Termo de Cooperação Técnica para pesquisa de cultivo de cana agroecológica entre a Embrapa e o Instituto Agropolos.
O coordenador da Fábrica Escola de Processamento de Cana-de-Açúcar do Cariri, Alexandre Cortez, ressalta que o seminário é importante para discutir o atual cenário da crise política e econômica brasileira, que resultou na perda de apoio para a agricultura familiar. “No Ceará, o Governo do Estado conseguiu amenizar o impacto dos cortes promovidos, desde 2015, pelo Governo Federal, que desmontou todas as políticas públicas para os pequenos produtores, a começar pela extinção do Ministério do Desenvolvimento Agrário e, consequente, redução de recursos financeiros. Aqui, a Secretaria de Desenvolvimento Agrário do Estado bancou o que seria responsabilidade da União”, afirmou Cortez.
O Ciclo de Seminários “Cenários para o Fortalecimento da Agricultura Familiar” ocorrerá em outras quatro cidades, representando as macrorregiões do Estado: Aracati (Litoral Leste), Itapipoca (Litoral Oeste), Morada Nova (Jaguaribana) e Quixadá (Sertão Central).
Programação
8h – Acolhida: Banda Cabaçal do Cariri
Credenciamento

9h – Abertura

9h30 – Solenidade de assinatura do Termo de Cooperação Técnica para Pesquisa do cultivo de cana agroecológica entre a Embrapa e o Instituto Agropolos

10h – Políticas públicas para a agricultura familiar
Secretário do Desenvolvimento Agrário, De Assis Diniz
Presidente do Instituto Agropolos, Ana Teresa Carvalho

10h30 – Apresentação da experiência de sucesso em produção agroecológica da comunidade EBENEZER, do município de Milagres

11h – Agricultura familiar no resgate da agroindústria canavieira
Coordenador da Fábrica Escola de Processamento da Cana-de-Açúcar, Alexandre Cortez

11h30 – Ação de interatividade

12h – Baião de dois com rapadura e poesia

13h30 – Feira agroecológica de troca solidária

14h – Empreendedorismo na Agricultura Familiar
Professora doutora do Instituto Federal da Paraíba (IFPB), Eva Campos

14H30 – Ação de interatividade

15h – Alternativas ao uso de agrotóxicos na agricultura familiar
Pesquisador da Embrapa, Gildo Pereira de Araújo

15h30 – Ação de interatividade

16h – Encerramento

Serviço:  1ª etapa do Ciclo de Seminários “Cenários para o Fortalecimento da Agricultura Familiar”
Data: 28 de junho
Horário: 8h às 16h
Local: Fábrica Escola de Processamento de Cana-de-Açúcar do Cariri – Avenida José Bernardino Cavalcante Leite, s/n – km 4 – Buriti, Barbalha
Mais informações: (88) 99860 7020