sexta-feira, 29 de junho de 2018

Acordo de cooperação reforça atuação conjunta entre Senado e o TCE


O presidente do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB-CE), e o presidente do Tribunal de Contas do Estado do Ceará, Edilberto Pontes, assinaram nesta quinta-feira (28) um acordo de cooperação entre as instituições. O objetivo é promover um intercâmbio de informações e experiências com vistas ao aperfeiçoamento dos servidores das duas Casas, bem como seu desenvolvimento institucional.
O protocolo de intenções estabelece ações e projetos de formação a serem desenvolvidos pelo Instituto Legislativo Brasileiro (ILB), Escola de Governo do Senado responsável pelo programa Interlegis, e o Instituto Escola Superior de Contas e Gestão Pública Ministro Plácido Castelo, órgão de formação do TCE.
Eunício ressaltou que tem exercido o mandato de senador a ele confiado pelo povo cearense tanto para propor ações e projetos como também para fiscalizar a correta aplicação dos recursos públicos. Segundo ele, a inciativa de unificar ações de formação entre Senado e o TCE do Ceará é pioneiro no Brasil, e vem para ser um marco na busca por mais eficiência e transparência nas políticas públicas. 
“Esse acordo de cooperação técnica que hoje assinamos chega para dar exemplo e fazer com que todos os gestores públicos que atuam no estado do Ceará possam ser orientados, e assim venham a aplicar melhor os recursos públicos. Quero enaltecer iniciativa do presidente Edilberto Pontes, que respeita o cidadão”, ressaltou Eunício.
Edilberto Pontes acredita que o acordo de cooperação vai proporcionar ao TCE a possibilidade de expandir sua atuação com novas informações e melhor aparato tecnológico. “A convivência com o Instituto Legislativo Brasileiro vai nos trazer mais experiência, uma melhor qualificação dos nossos recursos humanos, para que nossa parceria possa se expandir  cada vez mais”, pontuou.
Durante a solenidade, Eunício Oliveira recebeu das mãos de Edilberto Pontes uma placa honorífica em reconhecimento ao trabalho do senador em defesa à parceria firmada com o TCE. Ele agradeceu a honraria, destacando que ela aumenta ainda mais a responsabilidade na luta diária pela melhor aplicação das verbas públicas.