quinta-feira, 10 de maio de 2018

TRE-Ce recebe 41.679 eleitores em nove dias

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará encerrou nesta quarta-feira, 9/5, o mutirão do Ginásio Paulo Sarasate e o atendimento em mais 10 locais de Fortaleza. Ao todo, na capital, foram realizados 41.765 atendimentos em nove dias.
Quem procurou o ginásio ou um dos postos pôde tirar o título pela primeira vez, transferir o domicílio eleitoral e fazer revisão cadastral com coleta dos dados biométricos. A quarta-feira, 9/5, prazo final do cadastro, foi o dia mais movimentado em todos os postos, com o atendimento de 8.010 pessoas no município. Só no Ginásio Paulo Sarasate, foram 4.791 atendimentos, com movimento intenso durante todo o dia. Somente às 22 horas, foram encerrados os trabalhos do mutirão, com o atendimento do último eleitor.
A ação deste ano superou a de 2016, quando 31.720 eleitores passaram pelo ginásio e pelo posto instalado no Vapt Vupt de Messejana. Em 2018, o TRE decidiu descentralizar o atendimento e, com a instalação de postos em shoppings, 2 Vapt Vupt e no Centro de Cidadania e Direitos Humanos (CCDH), conseguiu atingir um número maior de pessoas, contando ainda com a comodidade de agendamento nos shoppings e no CCDH.
Ginásio Paulo Sarasate
O mutirão acontece desde as eleições de 2004, sempre no período que antecede o fechamento do Cadastro Eleitoral para preparação do pleito. Toda estrutura de computadores e mobiliário é montada na quadra do ginásio, e os eleitores aguardam o atendimento sentados em cadeiras. Este ano, foram instalados 78 kits biométricos para coleta dos dados (foto, assinatura e impressões digitais), com a mobilização de 200 servidores, terceirizados e estagiários. Contou, ainda, com seguranças e policiais militares, com o intuito de garantir atendimento satisfatório aos eleitores. Havia, também, 18 kits para atendimento prioritário (pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida) durante todo o mutirão.
A procura dos eleitores foi intensa em todo o Estado, muito maior no último dia, mas com o engajamento de toda a equipe, a Justiça Eleitoral conseguiu vencer este desafio, cadastrando maior número de eleitores com a biometria. Hoje, 77.48% dos 6.307.535 de eleitores do Ceará já fizeram o cadastro biométrico e, em Fortaleza, já são 49% do total de 1.775.154 eleitores.
O TRE-CE esclarece ainda que a biometria não é obrigatória na Capital, e que o eleitor com título regular pode votar normalmente em outubro. O Cadastro Eleitoral será reaberto em novembro, após as eleições deste ano.
(Assessoria do TRE-CE)