quarta-feira, 9 de maio de 2018

STF mantém prisão do ex-ministro Geddel Vieira Lima

Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu, ontem, manter na cadeia o ex-ministro Geddel Vieira Lima, preso desde setembro do ano passado no presídio da Papuda, em Brasília.
Votaram pela manutenção da prisão:
  • Edson Fachin;
  • Dias Toffoli;
  • Ricardo Lewandowski;
  • Gilmar Mendes;
  • Celso de Mello.
Mais cedo, durante a sessão, Geddel, o irmão e deputado federal Lúcio Vieira Lima, a mãe Marluce Vieira Lima e outros dois acusados se tornaram réus por lavagem de dinheiro e associação criminosa.
Os ministros do Supremo rejeitaram, contudo, a denúncia contra Gustavo Ferraz, ex-diretor da Defesa Civil de Salvador.
Pouco antes de os ministros acolherem a denúncia, a Segunda Turma decidiu manter o caso no Supremo