quinta-feira, 31 de maio de 2018

Artigo - Combater a extrema pobreza é lutar pelo Brasil

Josbertini é pré-candidato a deputado estadual

Combater a extrema pobreza é lutar pelo Brasil.

Em meio à letargia econômica e social pela qual passa o País, o Ceará segue avançando em segmentos que impactam diretamente na qualidade de vida da nossa população, sobretudo daquela parcela que mais merece cuidado e atenção do poder público, que é a mais carente.
A notícia mais importante vem da área social: no ano passado, 24.887 pessoas saíram da extrema pobreza no Ceará, o que representa redução de 3,57% no contingente da população com renda de até R$ 85,00 por mês, segundo dados do IBGE analisados pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece). O Ceará foi o único Estado do Nordeste a apresentar melhorias nesses indicadores, enquanto no País, apenas cinco unidades da Federação conseguiram reduzir a extrema pobreza.
Esses resultados são frutos da liderança do Governador Camilo Santana e do consequente trabalho do secretariado, como também do forte empenho e ações desenvolvidas pela equipe da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) – pasta que tivemos a honra de gerir por quase cinco anos –, municípios e organizações da sociedade civil parceiras. Focada em resultados e com o objetivo maior de garantir a melhoria da vida dos mais pobres, nossa administração permitiu otimizar a gestão do Sistema Único de Assistência Social (SUAS), dentre outros projetos e programas de capacitação profissional e de melhoria da renda familiar, assegurando os direitos sociais dos cidadãos cearenses.
Muito ainda há que se fazer, a começar por garantirmos, pelo menos, 1% do Orçamento Geral da União ao Sistema Único de Assistência Social com a aprovação da PEC do SUAS e assegurarmos a manutenção, sem cortes pelo Governo Federal, dos recursos para os serviços socioassistênciais e demais programas sociais e de segurança alimentar e nutricional, além da manutenção do Bolsa Família, para quem dela necessitar. Cuidar das pessoas, das que mais precisam, não é apenas ação política e ato de solidariedade, é, atitude, é um princípio, é, assegurar direitos.

Josbertini Clementino josbertini@uol.com.br Administrador e ex-secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social