quinta-feira, 12 de abril de 2018

Polícia deflagra megaoperação na caça aos criminosos em Fortaleza, Caucaia e Maracanaú


Uma megaoperação policial foi desencadeada no começo da manhã desta quinta-feira (12), pela Secretaria da Segurança Pública e defesa Social (SSPDS), mobilizando dezenas de equipes das polícias Civil e Militar,  além do reforço de profissionais da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), Corpo de Bombeiros Milita (CBM) e de aeronaves da Coordenadoria Integrada de Operações Aéreas (Ciopaer). O objetivo é o cumprimento de, ao menos, 40 mandados de prisão, além de busca e apreensão em Fortaleza e nas cidades de Caucaia e Maracanaú.
As equipes começaram a se reunir a partir das 4 horas no pátio interno da Sede da SSPDS, na Avenida Bezerra de Menezes, no bairro São Gerardo.  Ali, foram distribuídos os envelopes com os mandados judiciais e os respectivos endereços dos “alvos”. A operação visa prender pessoas acusadas de envolvimento em crimes diversos, como roubo, tráfico de drogas e, principalmente, assassinatos, além dos atentados recentes contra órgãos públicos e contra o sistema de transporte coletivo da Capital, com o incêndio de vários ônibus há três semanas.
O trabalho faz parte de investigações que  vinham sendo realizadas de forma sigilosa pela Polícia Civil com o apoio do Ministério Público Estadual (MPE) e da Justiça. Que expediu as ordens de prisão e de busca e apreensão nos três Municípios.  O próprio secretário da Segurança Pública, delegado federal André Costa, está acompanhando o desenrolar dos cumprimentos das ordens judiciais. Os detidos na operação são levados, inicialmente, para a própria Polícia Civil e, depois, serão encaminhados aos presídios da Grande Fortaleza.
Tráfico e mortes
Investigações realizadas pelas autoridades apontaram os suspeitos de vários assassinatos na Grande Fortaleza. Crimes que estão relacionados à disputa de território entre traficantes e seus “soldados” ligados à facções criminosas que dominam a periferia de Fortaleza e de cidades da sua Região Metropolitana (RMF).
Ainda nesta quinta-feira, a SSPDS deverá divulgar – em nota à Imprensa ou entrevista coletiva – o resultado da operação iniciada no fim da madrugada.
PM baleado
Logo no começo da operação foi registrado um atentado a um policial militar. O fato ocorreu por volta de 5h30 no Conjunto Ceará, na zona Sul da Capital, nas proximidades da estação de trem. O PM pilotava sua motocicleta quando bandidos teriam provocado uma colisão. O PM sofreu fratura em membros inferiores e teve sua arma roubada pelos criminosos. O militar foi socorrido numa ambulância do Samu para o Instituto Doutor José Frota (IJF-Centro), com escolta de viaturas do 16º BPM e do BPRaio.
(Blog do Fernando Ribeiro)