domingo, 15 de abril de 2018

Camilo cobra rigor em investigação de fuga em presídio

Camilo, em foto fechada no rosto, com expressão circunspectaO governador Camilo Santana (PT) cobrou rigor na investigação pela Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) sobre a fuga de detentos em presídio inaugurado há cinco meses. Na madrugada de sexta-feira, 13, ao menos 35 detentos escaparam da Unidade Prisional Professor José Sobreira de Amorim, após serrarem as grades das celas. O prédio, localizado em Itaitinga, na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), foi inaugurado pelo próprio governador, há mesmo de cinco meses, em 16 de novembro.