sexta-feira, 13 de abril de 2018

Câmara de Barbalha barra tentativa do prefeito Argemiro Sampaio doar prédio público avaliado em R$ 5 milhões


Por maioria de votos (8 a 7), a Câmara Municipal de Barbalha impôs mais uma derrota ao prefeito Argemiro Sampaio. Na noite de ontem (12), os vereadores da oposição votaram contra o projeto de lei enviado pelo executivo autorizando a doação de um prédio público avaliado em torno de R$ 5 milhões para o Sesc, que pretendia estabelecer uma unidade em Barbalha.
Essa foi a segunda vez que houve o veto dos vereadores. Na primeira, em 14 de dezembro do ano passado, os vereadores haviam solicitado alterações no projeto para doação do CSU, mas nunca foi enviado resposta. Nesta quinta, o prefeito tentou aprovar o projeto na marra, alegando caráter de urgência, mas acabou sendo rejeitado.
Os vereadores se dizem favoráveis a doação de um terreno da prefeitura para que o Sesc construa sua unidade. Discordam, no entanto, de entregar o prédio público.
O detalhe fica por conta do voto do vereador Capitão Marcos Alencar, que até então sempre votou acompanhado do bloco oposicionista, mas que neste caso, votou favorável a bancada do prefeito. Coube ao presidente da Câmara Municipal, vereador Vevé Siqueira decretar, pelo voto de minerva, a derrota do prefeito.
Nas redes sociais, o vereador justificou seu voto favorável a situação, afirmando que faz oposição por fazer.
Será que vem por aí um novo "Me Ajude"?
Aguardemos!