quinta-feira, 1 de março de 2018

Barbalha - Vereador Rosálio Amorim, o "Me ajude", tem mandato cassado pelo TRE por compra de votos


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) confirmou a cassação do mandato do vereador de Barbalha, Rosálio Amorim (PTN), o "Me Ajude", A sessão aconteceu na noite desta quarta-feira (28), em Fortaleza, quando os juízes do TRE negaram provimento ao recurso eleitoral interposto pela defesa de Rosálio Amorim, atual vice-presidente da Câmara Municipal de Barbalha.
O recurso eleitoral foi interposto contra a sentença Juiz da 31ª Zona Eleitoral do Ceará (Barbalha) que já havia cassado o diploma do parlamentar e o declarou inelegível pelos oito anos subsequentes à eleição de 2016.
"Me a Ajude" ficou conhecido em toda Região do Cariri, após trair a base do governador Camilo Santana, que o ajudou a ser o vereador mais bem votado nas eleições de 2016, em Barbalha, com 780 votos. Em troca de benesses e favores, migrou para a situação e passou a fazer parte da base de apoio do prefeito Argemiro Sampaio, que apesar do esforços, não conseguiu salvar o mandato de Rosálio Amorim.
No processo, foi anexada a gravação, além de fotografias dos tijolos e santinhos recolhidos no quintal da residência, com a finalidade de comprovar a compra de votos de Rosálio Amorim. No áudio, “a cidadã confessou que o candidato a vereador Rosálio Amorim visitou a sua residência e perguntou o que ela estava precisando, tendo afirmado que queria tijolos para ajeitar a cozinha, ocasião em que o candidato Rosálio lhe deu 500 tijolos, com valor aproximado de R$ 100,00, com a finalidade de que ela pudesse votar no referido candidato no dia das eleições”, apresentou o promotor Francisco das Chagas da Silva, na petição inicial
O TRE-CE manteve o inteiro teor da decisão do juiz eleitoral de Barbalha, Leonardo Afonso Franco de Freitas. Após a publicação do acórdão (decisão colegiada), o vereador será afastado do cargo e assumirá o primeiro suplente Moacir de Barros de Sousa, conhecido como Moacir Barros, também filiado ao PTN.