terça-feira, 6 de março de 2018

Troca de partido sem perda de mandato começa nesta quarta

A janela partidária, criada por meio da reforma política aprovada pelo Congresso Nacional no ano passado para permitir a troca de legenda, durante um prazo de 30 dias – 7 de março a 7 de abril –, por parte deputados estaduais e federais, às vésperas das eleições, sem o risco de perda de mandato por infidelidade. O financiamento das campanhas deste ano, que deve ser majoritariamente público, porém, fez com que o aspecto financeiro tomasse conta das negociações. Parlamentares dos partidos que devem sofrer baixas acusam legendas adversárias de oferecerem entre R$ 2 milhões e R$ 2,5 milhões para seduzir deputados. O PSB já perdeu quatro parlamentares e deve perder mais quatro essa semana para o DEM do presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (RJ).