terça-feira, 13 de março de 2018

Governo do estado instala em Caucaia videomonitoramento


O Governo do Ceará realizou, nesta terça-feira (13), o lançamento do sistema de videomonitoramento integrado de segurança em Caucaia. O município foi o primeiro da Região Metropolitana de Fortaleza a receber o equipamento. No Estado, Aracati e Beberibe já dispõem da tecnologia. A solenidade contou com a presença do governador Camilo Santana, acompanhado do titular da Secretaria de Segurança e Defesa Social (SSPDS), André Costa, além de outras autoridades de segurança e lideranças políticas locais.
Caucaia está equipada, ao todo, com 19 câmeras de videomonitoramento: 18 estão posicionadas em pontos estratégicos da cidade, enquanto uma encontra-se na base policial. Funcionalmente, os equipamentos que estão nas ruas se dividem entre captação de imagens com giro de 360º (12 câmeras) e leitoras de placas de veículos (seis câmeras).
Camilo Santana destacou que o objetivo da medida é interligar informações sobre ocorrências e potencializar o enfrentamento à criminalidade nos municípios com população acima de 50 mil habitantes. Serão 38 cidades contempladas com o videomonitoramento.
“Até o mês de abril, todos os sistemas estarão implantados nas cidades. Essas são câmeras com o que há de mais moderno, com filmagem em 360º, visão noturna, alta tecnologia, e que estarão ligadas 24 horas para o monitoramento da polícia. As imagens estão conectadas diretamente com a Ciops (Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança). É uma ação integrada para facilitar na identificação dos crimes cometidos em todo o Estado do Ceará”, contou.
O governador também detalhou que os municípios que contam com o sistema em atividade, logo nos primeiros meses apresentaram maior eficiência nos serviços realizados pela Segurança Pública diariamente. “Aracati e Beberibe têm apresentado resultados impressionantes com a ajuda do sistema de videomonitoramento, na intimidação, na identificação do crime, com veículos apreendidos. Essa é uma ferramenta importante para o serviço de inteligência”.
Sistema no Estado
A ação do Governo do Ceará prevê a instalação de cerca de 700 câmeras em todo Estado, distribuídas por 38 cidades com população acima de 50 mil habitantes do Ceará. O investimento total por ano na disposição das câmeras e operação do serviço é da ordem de R$ 20 milhões.
Os municípios contemplados são: Maracanaú, Maranguape, Eusébio, Acaraú, Crato, Caucaia, Aracati, Morada Nova, Quixadá, Itapajé, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Baturité, Russas, Iguatu, Juazeiro do Norte, Barbalha, Icó, Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Horizonte, Pacajus, Pacatuba, Itapipoca, Sobral, Camocim, Canindé, Granja, São Benedito, Viçosa do Ceará, Tianguá, Trairi, Crateús, Acopiara, Boa Viagem, São Gonçalo do Amarante e Tauá.
A divisão dos municípios ocorrerá em cinco grandes centros de captação de imagens – Fortaleza, Sobral, Juazeiro do Norte, Tauá e Quixadá – que servirão como backups para as câmeras dos municípios de cada região, e também acionarão os efetivos para casos em que se necessite de reforço no atendimento de ocorrências. Fortaleza terá acesso a todas as câmeras do Estado.
O presidente da Assembleia Legislativa, Zezinho Albuquerque (PDT), marcou para a próxima quinta-feira a votação da mensagem que trata do reajuste dos servidores do Estado e do Legislativo. O percentual é de 3%.
(Governo do Ceará)