domingo, 11 de março de 2018

Divulgar fake news pode acabar em prisão


Tramita no Congresso Nacional projetos para tipificar como crime criar ou disseminar notícias falsas na internet, as chamadas fake news. Dez propostas foram apresentadas entre 2017 e este ano na Câmara e no Senado. Uma das propostas, apresentada pelo deputado Francisco Floriano (DEM-RJ)  propõe reclusão de dois a seis anos, além de multa, para quem “divulgar fatos inverídicos sobre partidos ou candidatos”.
A punição é maior que a de homicídio culposo, que prevê detenção de um a três anos. As informações são da Coluna Estadão. Em seu projeto, Floriano agrava a pena para quatro a oito anos de reclusão se o conteúdo falso for divulgado em “imprensa, rádio ou televisão”.