terça-feira, 23 de janeiro de 2018

Raquel Dodge denuncia vice-líder do governo na câmara por sonegação e pede perda do mandato


A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, apresentou nesta terça-feira (23) uma denúncia contra o Supremo Tribunal Federal (STF) contra o vice-líder do governo na Câmara dos Deputados, Beto Mansur (PRB-SP), por crime contra a ordem tributária. Beto Mansur é acusado de ter omitido informações de seu Imposto de Renda em 2003, o que teria causado um prejuízo de R$ 796 mil.
A pena prevista para o crime é de dois a cinco anos de prisão. Raquel Dodge pediu ainda para o parlamentar perder o mandato e reparar o dano causado, “acrescido de juros de mora e de correção monetária”. O relator do inquérito é o ministro Luís Roberto Barroso.
A defesa de Mansur será notificada e terá 15 dias para se manifestar no processo. O deputado, que está em Davos, na Suíça, acompanhando o presidente Michel Temer no Fórum Econômico Mundial.(O Globo)