terça-feira, 16 de outubro de 2018

Ex-vereador Severino Gonçalves Duarte faleceu em Juazeiro

Faleceu em Juazeiro do Norte na noite de ontem (15), por volta de 11h  o ex-vereador, industrial e pecuarista Severino Gonçalves Duarte, aos 86 anos, vitima de um câncer.

O corpo de Severino Duarte está sendo velado no Centro de Velório Anjo da Guarda, onde haverá um culto às 15 horas seguido do sepultamento no próprio Cemitério Parque Anjo da Guarda

TRE aprova convocação de tropas federais para o segundo turno das eleições

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará aprovou por unanimidade, na sessão desta segunda-feira (15), nova convocação de tropas federais, desta vez para o segundo turno das eleições de 2018. Os agentes seguirão reforçando a segurança do pleito em Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú e Sobral.
O presidente da Comissão de Segurança Permanente do TRE-CE, juiz Eduardo Scorsafava, pediu que a Corte seguisse o mesmo critério adotado no primeiro turno, quando foram contemplado municípios com mais de 100 mil eleitores. O procurador regional eleitoral, Anastácio Tahim, apresentou parecer favorável à requisição.

Primeiro turno

Durante o primeiro turno, a Corte do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou o pedido do TRE. O voto favorável da presidente da instituição, ministra Rosa Weber, foi acompanhado pelos demais ministros.

Conselho de Ética analisa processos contra Meurer, Bessa e deputados do PT

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar reúne-se hoje para instaurar processo contra os deputados do PT Paulo Pimenta (RS), Wadih Damous (RJ) e Paulo Teixeira (SP) por terem pedido habeas corpus para libertar o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, em julho deste ano.
O PSL, autor da representação contra os deputados petistas, argumenta que eles agiram de má-fé ao apresentar um pedido que seria distribuído em um plantão judiciário. O habeas corpus foi primeiro momento concedido, mas cassado em seguida.
Na reunião deve ser feito o sorteio da lista tríplice para escolha do relator do processo.

Caso Nelson Meurer
O Conselho também deve retomar a discussão do parecer pelo arquivamento do processo por quebra de decoro contra o deputado Nelson Meurer (PP-PR), apresentado pelo deputado Mauro Lopes (MDB-MG).
Meurer foi o primeiro detentor de mandato condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF), por corrupção passiva, na Operação Lava Jato, por atos cometidos entre 2006 e 2014.
O deputado deverá cumprir pena de 13 anos, 9 meses e dez dias em regime fechado. Nelson Meurer ainda não foi preso, pois aguarda a decisão sobre os últimos recursos que apresentou ao STF.

Caso Laerte Bessa
Outro item na pauta é a apresentação do parecer preliminar do deputado Hildo Rocha (MDB-MA) à representação do PSB contra o deputado Laerte Bessa (PR-DF).
Segundo o PSB, Bessa agrediu o subsecretário de Articulação Federal da Casa Civil do Distrito Federal, Edvaldo Dias da Silva, na comissão mista do Congresso Nacional que analisava a medida provisória que cria o Ministério da Segurança e trata também da divisão de verbas do Fundo Constitucional do DF entre segurança, saúde e educação.
A reunião do Conselho de Ética será realizada a partir da 14h30, no plenário 11.

Câmara Noticias

Reforma do Estádio Mirandão é concluída

A Prefeitura do Crato, através da Secretaria Municipal de Esporte e Juventude (SEJU), comemora junto aos torcedores cratenses mais uma grande conquista da administração, a liberação do Estádio Mirandão, que já pode receber partidas de futebol. Interditado desde 2014, o equipamento está apto a receber partidas de futebol e tem sua reestreia confirmada para no próximo dia 24, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Cearense série C, às 15h30, na qual a equipe do Crato enfrenta o time de Campo Grande.

O gestor da SEJU, Lamar Lima, falou que foram muitas as mudanças que o estádio teve que passar, desde muitas adaptações e modernizações. “Estamos muito felizes por poder inserir o estádio Mirandão, que é um grande orgulho do torcedor cratense, no circuito do Campeonato Cearense série C. Agora o torcedor cratense não precisa se deslocar para assistir uma partida do time do Crato em outro município. Agradeço o empenho do prefeito Zé Ailton em acompanhar de perto essa luta para devolver para os torcedores e as famílias cratenses esse importante equipamento”, ressaltou Lamar

O secretário destaca que foram aprovados todos os laudos pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Vigilância Sanitária e CREA, como também todas as exigências foram cumpridas como, acessibilidade, segurança, cadeiras numeradas, modernização nos bancos de reserva, saídas de emergência, entre outros. “Após quatro anos, o estádio Mirandão está liberado para receber os jogos oficiais do campeonato cearense, e quem ganha com isso é o torcedor cratense que volta a assistir jogos do azulão da princesa dentro do estádio Mirandão”, comemora.

O prefeito Zé Ailton Brasil, bastante comprometido com o esporte cratense, ressalta que foram investidos em torno de R$ 50 mil reais de recursos próprios do município para que todas as exigências fossem atendidas. “Não medimos esforços para concretizar essa liberação para que possamos valorizar e resgatar o esporte cratense. Esperamos atender as expectativas não só das equipes, mas também de quem vem prestigiar os jogos no nosso estádio Mirandão”, frisou o gestor.

Assessoria de Imprensa

TSE convoca campanhas dos presidenciáveis para debater notícias falsas

A presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, vai se reunir, nesta terça-feira (16), com os coordenadores das campanhas dos candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). Na pauta do encontro, previsto para as 18h, em Brasília, estão as notícias falsas veiculadas especialmente nas mídias sociais.
As notícias falsas (fake news, em inglês) entraram na agenda do TSE desde o início da preparação do processo eleitoral. O tribunal chamou os partidos a assinarem um acordo contra as notícias falsas, reforçou a equipe que monitora essa prática e agora tenta um pacto entre os dois candidatos para evitar a disseminação de fake news.
Para os ministros do TSE, as notícias falsas podem abalar a credibilidade do pleito. Haddad chegou a propor um acordo com o adversário para evitar as fake news, mas Bolsonaro recusou, via mídias sociais.
Decisões do TSE têm tirado notícias falsas da internet. Na semana passada, o ministro Luis Felipe Salomão negou um pedido da coligação de Haddad (PT/PCdoB/PROS) para remoção de conteúdo veiculado no grupo do WhatsApp “a Rede – Eleições 2018”. 
Para Salomão, as mensagens enviadas pelo aplicativo não são abertas ao público, como acontece nas redes sociais. Nesse caso, segundo o ministro, a comunicação fica restrita a um grupo de pessoas.

Agência Brasil

TSE manda Facebook retirar vídeo sobre Manuela d'Ávila

O ministro Sergio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), determinou hoje (15) que o Facebook retire da página pessoal de 38 usuários um vídeo que contém informações falsas sobre Manuela d'Ávila (PCdoB), candidata à Vice-Presidência na chapa do petista Fernando Haddad. Com a decisão, a empresa terá 24 horas, após ser notificada, para remover o conteúdo.
A decisão do ministro foi motivada por pedido de remoção feito pelos advogados da Coligação O Povo Feliz de Novo (PT/PCdoB/PROS), sustenta a candidatura de Haddad.
Segundo a defesa, uma decisão anterior determinou a retirada dos vídeos, que foram considerados ofensivos a Manuela, mas o conteúdo continuou postado na rede social.
Ao recorrer ao TSE, a coligação alegou que foram divulgadas notícias falsas (fake news) e difamatórias contra a candidata.
De acordo com os advogados, os perfis de usuários divulgaram "imagens que hipersexualizam crianças, sugerindo que a candidata incentivaria tais situações”.
Na mesma decisão, Sergio Banhos determinou que os usuários sejam identificados e incluídos no processo.
"Conforme registrei na decisão liminar anteriormente deferida, as afirmações inverídicas e injuriosas trazidas nas mídias impugnadas, pelas razões já endereçadas, autorizam a limitação à livre manifestação do pensamento, com remoção de conteúdo, uma vez que configura ofensa à honra e consubstancia agressão e ataque à candidata em sítio da internet", decidiu.

Agencia Brasil

Rebeliões são registradas em três presídios na noite desta segunda, em Itaitinga

Três rebeliões aconteceram na noite desta segunda-feira, 15, em diferentes presídios de Itaitinga. Informações dão conta que detentos teriam causado motins graças à recente decisão da Secretaria da Justiça e Cidadania do Ceará (Sejus) proibindo visitas de crianças a detentos que respondem por crimes sexuais. Determinação aconteceu após um interno ser acusado de ter cometido estupro contra uma menina de 11 anos, no último sábado.
As manifestações aconteceram em três sistemas carcerários de Itaitinga: Centro de Execução Penal e Integração Social Vasco Damasceno Weyne (Cepis), antiga CPPL V; Casa de Privação Provisória de Liberdade, CPPL VI; e Instituto Presídio Professor Olavo Oliveira II (IPPOO 2).
No IPPOO 2, detentos atearam fogo em colchões, causando focos de incêndio no local. Há informações que presos tentam invadir uma ala em que há detentos que respondem por crimes sexuais, como forma de retaliação ao estupro ocorrido no sábado, quando um interno foi acusado de cometer o crime durante uma visita. O POVO Online apurou que rebelião ocorre também para “matar presos que respondem por estupro em todas as unidades”.

(O Povo)

Deputados iniciam articulação para sucessão na Assembleia

Deputados estaduais eleitos fazem hoje um almoço de confraternização para a nova legislatura na Assembleia Legislativa. Mais do que uma cordialidade corriqueira, o evento do meio-dia em um restaurante na Beira Mar dá força às discussões para a sucessão do comando da Casa que dá suporte ao governador reeleito Camilo Santana (PT).
Caras velhas e novas do parlamento estadual surgem como possíveis candidatos à cadeira ocupada hoje pelo deputado Zezinho Albuquerque (PDT).
Defendendo a unidade partidária e do projeto que "vem dando certo", o deputado José Sarto (PDT) já fala como candidato e defende a "oxigenação" da cadeira de presidente ocupada há três mandatos por Zezinho.
"(É preciso) Ampliar a participação da Casa com movimentos sociais e integrar com a academia. Puxar a academia para dentro da Assembleia, chamar os movimentos sociais e discutir os temas polêmicos com eles. Seria uma maneira de fazer uma gestão para além do cimento e do aço", defendeu o parlamentar do PDT.
O que está cristalizado nos bastidores é que um nome do PDT que tem o maior número de parlamentares eleitos assuma o comando da Casa. Quem também tem o nome ventilado é o atual primeiro vice-presidente da AL, deputado Tin Gomes (PDT).
Apesar de argumentar que é "cedo" para a Casa tratar do assunto, o ex-vice-prefeito de Fortaleza não esconde o desejo de chefiar a Assembleia. "Ter o nome lembrado é muito bom, inclusive pelos colegas. Qualquer deputado deseja presidir a Casa", admitiu.
Concluindo o terceiro mandato consecutivo na presidência do parlamento estadual, o deputado Zezinho Albuquerque (PDT) é outro pedetista que não esconde o desejo de continuar no posto mais cobiçado entre os deputados estaduais. "Está muito cedo para falar sobre esse assunto. Isso é uma decisão que vai vir do diálogo com o partido e com os deputados"
O deputado Sérgio Aguiar (PDT), que disputou a presidência na eleição interna passada, também está no páreo. É natural que o PDT indique o novo presidente já que é a maior legenda da Assembleia após eleger 14 parlamentares, lembra o deputado Elmano de Freitas (PT).
Quem surge como potenciais nomes são Salmito Filho e Queiroz Filho, ambos do PDT. Nos bastidores há resistência de que um dos dois repita o êxito de Roberto Cláudio e fure a fila de parlamentares mais "velhos" para presidir a Casa. "Não teria chance para isso porque já existem bons nomes dentro dos antigos", defende um deputado da base do governador.
Por outro lado, não há movimento de restrição para os novatos sonharem com as candidaturas. "Eu acho que qualquer deputado eleito tem chance, mas é claro que tem deputado que já está há mais tempo, que tem relações políticas, de convivência e que as pessoas têm confiança", lembrou Elmano.

(O Povo)

Coordenador de campanha de Haddad e Senador eleito Jaques Wagner disse que sempre defendeu um acordo com Ciro

Coordenador da campanha de Fernando Haddad à Presidência, o ex-governador da Bahia e senador eleito Jaques Wagner afirmou, nesta segunda-feira (15), que a melhor estratégia para uma vitória na corrida presidencial seria o lançamento de Ciro Gomes (PDT) ao Palácio do Planalto.
Repetindo ser defensor de alternância de poder e do fim da reeleição, Wagner fez essa avaliação ao comentar uma proposta da senadora Katia Abreu que sugeriu a substituição de Haddad por Ciro Gomes para garantir a eleição.
Wagner disse que esse era um assunto superado, mas ressaltou sempre ter defendido um acordo com Ciro. Questionado, então, se essa seria a melhor estratégia para o campo de esquerda, Wagner concordou, sob o argumento de que a campanha de Jair Bolsonaro se resume ao ataque ao PT.
Embora reconheça que o PT está estigmatizado, segundo suas próprias palavras, Wagner disse ter esperança de que o medo de Bolsonaro derrube resistências a Haddad neste segundo turno.
"Se as pessoas tiverem mais medo dele do que raiva do PT, podem votar no Haddad. Não precisa amar o PT".
Wagner disse ainda ter esperança de uma declaração de apoio mais contundente de Ciro: "Não vou jogar a toalha. Ele pode enviar um live de onde ele estiver", disse o ex-governador em referência ao fato de Ciro estar na Europa.
Wagner acrescentou: "Alguém me disse que ele voltaria antes e anunciaria o apoio mais contundente".
Segundo Wagner, Haddad defende a amplitude das alianças como saída para a situação.
Também integrante do comitê eleitoral petista, o tesoureiro do PT, Emídio de Souza, afirma que "essa campanha foi feita no submundo". Segundo ele, as fake news estão deformando a vontade popular e as autoridades não estão atacando sua matriz.
"A atuação do TSE está sendo frágil para combater o estímulo à violência na campanha. O TSE tem que coibir a fábrica de fake news", diz.

(DN)


General Theophilo vai apoiar Jair Bolsonaro no segundo turno

Candidato derrotado em primeiro turno na disputa pelo Governo do Estado, General Theophilo (PSDB) vai apoiar a candidatura de Jair Bolsonaro no Ceará. Ele vai participar, nesta terça-feira, dia 16, da inauguração do comitê de campanha do candidato do PSL em Fortaleza.

Nacionalmente, o PSDB declarou neutralidade na disputa de segundo turno, embora lideranças como o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) tenham feito críticas a Bolsonaro. Outro representante do PSDB que deve participar do encontro em Fortaleza é o deputado federal eleito Roberto Pessoa.

"Eu já havia me manifestado favorável a Bolsonaro no segundo turno. Como o meu partido liberou os filiados, fui convidado pelo Capitão Wagner, que foi meu apoiador no primeiro turno e vou fortalecer a campanha aqui no Ceará", disse o general, ao lamentar a não ida de Geraldo Alckimin, seu correligionário, ao segundo turno.

(DN)

Vereadores do Crato retornam às atividades

Na noite desta segunda-feira, os vereadores voltaram a se reunir em sessão ordinária. Todos aproveitaram para parabenizar os professores pela data comemorativa. Amadeu de Freitas (PT) aproveitou para felicitar os professores em nome do candidato a presidência Fernando Haddad (PT). Bebeto Anastácio (PODE) citou que, de acordo com uma pesquisa, os profissionais da educação querem reconhecimento da sociedade e salários dignos e aproveitou também para destacar a pesquisa IBOPE desta segunda que mostra o candidato Jair Bolsonaro (PSL) com 59% enquanto seu adversário, Fernando Haddad (PT) tem 41% ele afirmou que caso o deputado federal seja eleito, será um presidente cratense, já que o título de cidadania foi aprovado pela casa.
O vereador Fernando Brasil (PP) utilizou o grande expediente para criticar um ex vereador do distrito de Dom Quintino que, segundo ele, estaria informando aos moradores que o prefeito José Ailton (PP) iria fechar a escola daquela localidade, o que não acontecerá. Fernando condenou a postura do ex colega.
Foram aprovados no plenário diversos requerimentos e também projetos de Lei e de resolução. Ao término das votações o presidente Florisval Coriolano (PRTB) encerrou a sessão.

Assesoria de Imprensa

Prefeito Arnon Bezerra se reúne nesta terça-feira, 16, com Governador do Estado

O Prefeito de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra, estará participando, na manhã desta terça-feira, 16, de reunião com o Governador do Estado, Camilo Santana, para tratar de diversos projetos destinados ao Município, relacionados à infraestrutura, turismo, cultura, desenvolvimento social, saúde, educação e orçamentos para diversas outros setores.

À tarde, seguirá para Brasília, onde vai participar de reuniões em busca de recursos para diversas áreas e dar encaminhamento a projetos importantes em Juazeiro do Norte. Nesta segunda-feira, o Chefe do Executivo esteve reunido com o seu secretariado, na Prefeitura Municipal, e solicitou a intensificação de serviços nas áreas de infraestrutura, limpeza pública, iluminação e fortalecimento nos atendimentos à saúde, além de encaminhamentos de projetos, celeridade em reformas importantes de equipamentos como as escolas e postos de saúde. Ainda relacionado à limpeza, ele solicitou maior atenção às praças, com limpeza mais frequentes, além de redobrar a segurança desses equipamentos.

Na área da saúde, o Prefeito destacou a sua preocupação em relação aos repasses dos medicamentos, por parte do Estado, que este mês chegou a 80%, mas ressaltou a garantia de atender à população com o que é da competência municipal, através do repasse dos medicamentos. “É importante que todo tomem conhecimento desses repasses, porque estamos buscando diariamente atender à população com essa demanda que é destinada, mas há outras remessas de medicamentos que não da competência do município”, afirma ele. Ainda conforme a Secretaria de Saúde, o percentual será compensado pelo Estado, em novas remessas.

Outra preocupação do gestor voltada à saúde está relacionada aos atendimentos ao público, com consultas e pequenos procedimentos. Alguns equipamentos foram pensados para ampliar esses atendimentos, com mais profissionais de saúde.

Na área da educação, o Prefeito solicitou o encaminhamento mais rápido para reforma de escolas, que inclusive estão em estado de conservação em pior situação. A Edvard Teixeira Ferrer foi uma das citados por ele, que deve ter licitação em breve para iniciar os serviços. Também estão sendo encaminhados os procedimentos licitatórios para a compra de aparelhos de ar condicionado, para iniciar a climatização nas escolas, e equipamentos musicais, para a criação de uma escola de música em Juazeiro do Norte, através da Secretaria de Educação.

Outros projetos para reforma como a Estação Ferroviária, finalização de obras importantes, como o Cras e a Creche no bairro Campo Alegre, projetos para o desenvolvimento econômico e atração de novos investimentos para Juazeiro do Norte, pavimentação de novas ruas, foram debatidos durante a reunião.

Assessoria de Imprensa

"Tá na hora de fazermos um balanço na parceria entre o PT e os Ferreira Gomes", diz Guimarães.


O deputado federal José Guimarães, líder da minoria na Câmara dos Deputados e coordenador da campanha de Fernando Haddad no Ceará, afirmou que o PT vai discutir, após as eleições, a parceria entre o PT e dos Ferreira Gomes, no Ceará.

Confira a nota de Guimarães enviada ao blog nesta terça-feira (16).

"Não estive presente no evento pró-Haddad realizado agora à noite em Fortaleza por iniciativa do
governador Camilo Santana, pois estava em outras missões da campanha Nacionalmente. Lamento profundamente a forma desrespeitosa como fomos tratado pelo senador Cid Gomes ( o senador que o PT votou ) ao criticar o PT em um momento inadequado e que só contribuiu para gerar desconfiança e incertezas da nossa vitória. Como coordenador da campanha do Haddad no Ceará reafirmo o compromisso do nosso candidato com os cearenses e que tudo faremos para derrotar a facismo, o ódio e a truculência do nosso adversário. A eleição está em aberto. Vamos para o confronto e apelamos para que todos os democratas se somem ao esforço de derrotar essa direita representada pela candidatura de Bolsonaro. Sobre os nossos legados e parcerias entre o PT e os FGs discutiremos após o 2º turno. Tá na hora mesmo de fazermos um balanço desde 2006 e se for o caminho da separação que façamos com respeito mútuo".

José Guimarães
Coordenador da campanha de Haddad no Ceará.

Prefeitos do Cariri marcam presença em ato político pró-Haddad em Fortaleza


Prefeitos, deputados estaduais, federais e lideranças políticas de todas as regiões do Ceará marcaram presença no ato político comandado pelo governador reeleito Camilo Santana pró-candidatura de Fernando Haddad,, no Marina Park, nessa segunda-feira (15).

Confira algumas imagens do encontro político;


Cid pede para PT assumir mea culpa e bate boca com petistas


O ex-governador e agora senador eleito Cid Gomes (PDT) teve de sair escoltado por seguranças e correligionários do encontro que teve ao lado do governador Camilo Santana nesta segunda-feira (15), em Fortaleza.

Cid Gomes foi ao Marina Park para ato político convidado pelo governador reeleito Camilo, em apoio à candidatura de Fernando Haddad para Presidência da República.

Cid acabou entrando em bate boca com petistas, chamando alguns de "babaca" após sugerir que o Partido dos Trabalhadores fizesse mea culpa pelos erros cometidos e besteiras que fez contra do Brasil nos últimos anos. "Quem criou o Bolsonaro foi o PT. Ele é fruto de tudo que está aí. Esse partido se achou o dono do país, mas o Brasil não aceita ter dono", disparou.

Em outro momento, Cid confirmou voto em Haddad. "Se tem segundo turno, temos que escolher um candidato, então vamos escolher...", afirmou Cid.  "Se votei no Eunício, votar no Haddad é mais fácil e por que não votaria", completou.

Ainda no palanque Cid foi contido por correligionários e, em seguida, o governador Camilo Santana
amenizou a discussão alegando que toda família possui divergências. "Na política não é diferente", concluiu Camilo.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Cai número de deputados eleitos com votos próprios em 2018

A quantidade de eleitos e reeleitos que não precisaram dos votos da legenda partidária ou da coligação para atingir o objetivo eleitoral diminuiu em 2018 na comparação com as duas últimas eleições. Este ano, segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), foram 27 os que tiveram êxito nas urnas nessas condições, enquanto em 2014 foram 35, queda de, aproximadamente, 22,8%. Os eleitos com voto próprio em 2010 alcançaram 36.

Na lista dos mais votados, 19 são novatos. Nesse grupo há quatro mulheres e 15 homens. Entre os oito reeleitos, todos também são homens. Com votação expressiva esse grupo também ajudou outros nomes de suas coligações a entrarem na Câmara Federal.

Se não houver mudança na legislação, esta foi a última eleição em que as coligações são permitidas para as eleições proporcionais – deputado federal e estadual, além de vereador, cuja vaga é disputada em eleições municipais. Isso porque o Congresso aprovou no ano passado a Emenda Constitucional (EC) 97/17 proibindo este tipo de aliança a partir de 2020.

Partidos
Ainda segundo o Diap, entre os eleitos com votos próprios em 2018, um terço (9), são de partidos de esquerda, centro-esquerda e centro. São três do PT; três do PSB; um do PV; um do PSOL; e um do PROS. Os outros dois terços (18) são de centro-direita e direita. São sete do PSL; três do PSD; dois do PR; e um, respectivamente, do PSC, do PRB, do Avante; do DEM; do Novo; e do PMN.

A maioria, nesse segundo grupo, é de policiais, líderes evangélicos, parentes de políticos ou líderes de movimentos liberais como o MBL (Movimento Brasil Livre). “[Eles] Foram eleitos na esteira do que está se convencionando chamar de bolsonarismo, que surpreendeu a todos na reta final da campanha, que se encerrou no último dia 7 de outubro” avaliam os analistas do Diap.

Mais votado
Em números absolutos, o campeão nacional é o deputado federal reeleito Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), que obteve 1.843.735 votos. Filho do candidato à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL), o deputado é escrivão da Polícia Federal e vai assumir seu segundo mandato.

No quesito proporcionalidade, o grande campeão de votos é o estreante João Campos. Filho do ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos e bisneto do ex-governador Miguel Arraes. Campos, com apenas 23 anos, recebeu 10,63% dos votos válidos. Foram 460.387 votos.

Saiba quem são os eleitos com votos próprios em 2018
1) Eduardo Bolsonaro (PSL-SP) - 1.843.735 - reeleito - escrivão de polícia federal

2) Joice Hasselmamm (PSL-SP) - 1.078.666 J – primeira eleição – jornalista

3) Celso Russomano (PR-SP) - 521.728 - reeleito - bacharel em direito, jornalista e empresário

4) Kim Kataguiri (DEM-SP) - 465.310 - primeira eleição - ativista digital e conferencista

5) João Campos (PSB-PE) - 460.387 - primeira eleição – engenheiro

6) Tiririca (PR-SP) - 453.855 reeleito - artista circense e humorista

7) Marcel Van Hattem (Novo-RS) - 349.855 - primeira eleição - cientista político e jornalista

8) Helio Fernando Barbosa Lopes (PSL-RJ) - 345.234 - primeira eleição - subtenente do Exército

9) Marcelo Freixo (PSol) - 342.491 - primeira eleição – professor

10) Pastor Sargento Isidório (Avante-BA) - 323.264 - primeira eleição - PM e técnico em enfermagem

11) Sargento Fahur (PSD-PR) - 314.963 - primeira eleição - PM (Rotam)

12) Capitão Wagner (Pros-CE) - 303.593 - primeira eleição – PM

13) Delegado Waldir (PSL-GO) - 274.406 - reeleito - delegado de polícia civil

14) Felipe Francischini (PSL-PR) - 241.537 - primeira eleição - advogado

15) Marcelo Álvaro Antônio (PSL-MG) - 230.008 - reeleito – empresário

16) Alessandro Molon (PSB-RJ) - 227.914 - reeleito - advogado e professor universitário

17) Gleisi Hoffmann (PT-PR) - 212.513 - primeira eleição – advogada

18) Celio Studart (PV-CE) - 208.854 - primeira eleição - advogado

19) Carlos Jordy (PSL-RJ) - 204.048 - primeira eleição - servidor público federal

20) Flordelis (PSD-RJ) - 196.959 - primeira eleição – administradora

21) Josimar Maranhãozinho (PR-MA) - 195.768 - primeira eleição – empresário

22) Reginaldo Lopes (PT-MG) - 194.332 - reeleito – economista

23) Marília Arraes (PT-PE) - 193.108 - primeira eleição – advogada

24) Eduardo Braide (PMN-MA) - 189.843- primeira eleição – advogado

25) Otto Alencar Filho (PSD-BA) - 185.428 - primeira eleição – administrador

26) JHC (PSB-AL) - 178.645 - reeleito - empresário

27) André Ferreira (PSC-PE) - 175.834 - primeira eleição - bacharel em turismo

(Agência Brasil)

Vídeo- Dia do Professor - Mensagem do Prefeito Zé Aílton Brasil


TRE-CE requisição de tropas federais para o Ceará no segundo turno das eleições

Os juízes da Corte do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará aprovaram, por unanimidade, na sessão desta segunda-feira, 15/10, presidida pela desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, o envio do pedido de forças federais ao TSE para o 2º turno das eleições em Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú e Sobral.

A matéria foi levada ao Pleno depois de ouvidos os juízes eleitorais do Estado e o presidente da Comissão de Segurança do TRE, Eduardo Scorsafava, que opinou para que seja obedecido o mesmo critério do 1º turno, ou seja, contemplar os municípios com mais de 100.000 eleitores.

O procurador regional eleitoral, Anastácio Tahim Júnior, em parecer, também foi favorável à requisição das tropas federais.

Para o primeiro turno das Eleições 2018, a Corte do Tribunal Superior Eleitoral aprovou, em sessão plenária administrativa, o pedido do TRE do Ceará de envio de forças federais para reforçar a segurança das eleições nos 5 municípios: Fortaleza, Caucaia, Juazeiro do Norte, Maracanaú e Sobral. A presidente do TSE, ministra Rosa Weber, no Processo judicial Eletrônico nº 0601051-61.2018.6.00.0000, votou favorável ao pedido e foi acompanhada pelos demais ministros da Corte.

"Professor tem que ser valorizado todo dia, diz Agenor Neto

Deputado reeleito Agenor Neto

"Em nossos mandatos, sempre valorizamos os professores como profissão primordial na sociedade, na nossa gestão como prefeito de Iguatu, os professores eram valorizados, o funcionalismo em dia. Em nosso mandato como deputado estadual, trabalhamos ainda mais pela classe, com as mensagens que chegam a Assembleia buscando melhorar a vida dos professores, lutando a favor de gratificação e melhorias em sua profissão", postou o deputado Agenor Neto nas redes sociais

Boletos vencidos acima de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco

Os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida entrou em vigor no último sábado (13) e o primeiro dia útil de compensação dos documentos é hoje (15). A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), que começou a ser implementada em julho do ano passado.

Para serem aceitos pela rede bancária, em qualquer canal de atendimento, os dados do boleto precisam estar registrados na plataforma. Segundo a Febraban, os clientes que tiverem boletos não registrados na Nova Plataforma, rejeitados pelos bancos, devem procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito diretamente.

O novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

As mudanças estão sendo feitas de forma escalonada, tendo sido iniciadas com a permissão para quitação de boletos acima de R$ 50 mil. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

A previsão inicial era que a partir de 21 de julho deste ano fossem incluídos os boletos com valores a partir de R$ 0,01. A expectativa era de que em 22 de setembro o processo tivesse sido concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros. Pelo novo cronograma, os boletos a partir de R$ 0,01 serão incluídos a partir do próximo dia 27 e os boletos de cartões de crédito, doações, entre outros, no dia 10 de novembro de 2018.

Segundo a Febraban, apesar de o sistema passar a processar documentos de menor valor, com volume maior, os bancos não preveem dificuldade na realização dos pagamentos, com base nos testes feitos nas fases anteriores. Com a inclusão e processamento desses boletos no sistema, a Nova Plataforma terá incorporado cerca de 3 bilhões de documentos – aproximadamente 75% do total emitido anualmente no país. Nas próximas fases, serão incorporados 1 bilhão de boletos de pagamento.

A Febraban lembra que a nova plataforma é resultado de uma exigência do Banco Central, com incorporação de dados obrigatórios, como CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador.

(Agência Brasil)

Haddad diz que pedirá "mais empenho" do PDT para o segundo turno

Ainda sem contar com uma participação ativa de Ciro Gomes (PDT) no segundo turno da campanha presidencial, o candidato do PT ao Planalto, Fernando Haddad, disse que pedirá "mais empenho" ao partido de Ciro para derrotar Jair Bolsonaro (PSL) no pleito. O petista afirmou que vai telefonar ainda nesta segunda-feira, 15, para o presidente do PDT, Carlos Lupi, após ter recebido "sinais positivos" da legenda em alguns estados.

"Devo ligar para ele para agradecer e pedir mais empenho porque, se o Bolsonaro ganhar, os trabalhadores vão perder mais direitos e o Lupi é trabalhista e sabe o que está em risco em uma eventual eleição do Bolsonaro", afirmou o candidato do PT em coletiva de imprensa, na capital paulista.

Ao sair da sala onde realizou a coletiva, Haddad foi questionado sobre suas estimativas para um apoio mais efetivo de Ciro à sua campanha. "Se depender de mim, ontem", declarou. Nesta segunda-feira, conforme Haddad, a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, já está em contato com o líder do PDT para alinhar um apoio mais claro à candidatura petista.

O presidenciável reforçou sua disposição em ampliar o arco de alianças dizendo que Bolsonaro seria uma "ameaça à democracia". "Estaria disposto a qualquer tipo de... faço gestos todo dia", declarou o candidato. "O governo teria que ser mais amplo do que nunca para garantir uma transição do atual estado de coisas para uma normalidade democrática", avaliou o ex-prefeito.

Haddad declarou, ainda, "respeito à vontade popular" quando questionado sobre um cenário de vitória de Bolsonaro na eleição presidencial. Mais cedo, em entrevista à Rádio Bandeirantes, o petista afirmou que quem perder a eleição precisa "colocar o País acima dos interesses pessoais".

"Quem diz que não aceitaria o resultado das urnas se o contrariasse foi justamente o meu adversário", disse Haddad, declarando que a pergunta sobre aceitar a derrota deveria ter sido feita a Jair Bolsonaro. "Já ganhei e já perdi, fiz uma transição (na Prefeitura de São Paulo) reconhecida nacionalmente", reforçou o petista, para quem "não está em questão" discutir o resultado eleitoral.

"Quem questiona a democracia não sou eu, tanto é que todos os democratas estão contra a candidatura do Bolsonaro, mesmo que não sinalizem apoio à minha candidatura."

Haddad concedeu coletiva de imprensa em frente a uma bandeira do Brasil e ao lado de um tradutor da Linguagem Brasileira de Sinais (Libras), ferramentas geralmente usadas pelo adversário na campanha. Questionado sobre a bandeira, o petista dirigiu novos ataques a Bolsonaro pelo fato de o candidato do PSL ter batido continência à bandeira americana.

(Agência Estado)

Edmilson Leite envia mensagem para os professores de Caririaçu


"Hoje é um dia especial, uma data muito importante! 15 de outubro é o Dia do Professor!" Queremos homenagear esses profissionais que dedicam a sua vida para ensinar e educar as nossas crianças e jovens na bela missão de prepará-los para o futuro. Reconhecemos a sua importância para a construção de uma sociedade mais justa e democrática e a sua dedicação junto à nossa comunidade levando educação de qualidade não só às crianças e jovens, mas, também aos amigos e amigas, através da EJA, aqueles que não tiveram oportunidade de frequentar uma escola na infância. Agradecemos a você Professor e esperamos contar sempre com o seu trabalho e a sua amizade junto à administração municipal. Que Deus abençoe a cada um de vocês de forma especial. Parabéns professores caririaçuenses pelo o seu dia!"

Edmilson Leite
Prefeito de Caririaçu

Denúncia - Setor de Perícias do Governo do Estado do Ceará vem tratando muito mal os aposentados.


Os aposentados pelas repartições do governo do Ceará estão enfrentado sérias dificuldades para conseguir uma perícia médica que se faz necessária na solicitação de isenção do imposto de renda.

A demora ultrapassa de três quatro meses e o atendimento só pode ser feito através dos telefones 3101-2034 e 3101-2042 que funciona no prédio da Secretaria de Planejamento e Gestāo (SEPLAG), na Avenida Oliveira Paiva, em Fortaleza. Quem reside no interior do estado. a situaçāo fica muito pior, uma vez que, dependendo da data, o aposentado fica muitas vezes sem condições de comparecer e volta para o fim da fila.

De nada adianta ligar ou pedir informações sobre uma possível data. Os atendentes do setor de perícias tratam com indiferença os aposentados, dizendo apenas que ele deve aguardar. Quando se tenta falar com outra pessoa do setor, a informação é sempre a mesma: todo e qualquer atendimento só pode ser feito pelos dois telefones acima publicados. Com isso, o aposentado continua pagando o imposto de renda, mesmo gozando de todas as prerrogativas da isençāo.

Em muitos casos, a situaçāo chega a ser  maldosa e desumana, haja vistas que, muitos aposentados que tem direito ao benefício, sāo pessoas doentes e ou portadoras de de patologias incuráveis.

Abaixo a relação das doenças que dāo direito aos seus portadores solicitarem  a isenção do Importo de Renda.

AIDS; Cancer; Alienação mental; Tuberculose ativa; Cardiopatia grave; Paralisia incapacitante e irreversível; Cegueira; Neoplasia maligna; Contaminação sofrida por radiação Nefropatia e hepatopatia grave; Doença de Paget em estado avançado; Hanseníase; Doença de Parkinson; Fibrose cística; Esclerose múltipla; Espondiloartrose anquilosante.

(Colaborou Roberto Bulhões)

TRE inicia geração de mídias para segundo turno das eleições


As mídias que serão usadas nas urnas eletrônicas no segundo turno das Eleições 2018 começaram a ser geradas, nesta segunda-feira, 15/10, na sede do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará.

A cerimônia, prevista na Resolução TSE nº 23.554/2017, é presidida pelo juiz Alcides Saldanha, e acontecerá até o dia 17/10, das 8 às 18 horas, na Sala de Treinamento do Tribunal. Assim como no primeiro turno, representantes dos partidos e coligações, Ministério Público e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-CE) foram convocados pelo TRE-CE, por edital, para acompanhar os trabalhos.

Procedimento

A operação visa copiar para as mídias de resultado que serão utilizados na preparação das urnas para o segundo turno em todo o Estado, os dados referentes ao pleito em disputa e os respectivos candidatos. No caso das mídias a serem geradas para o município de Croatá, também estão sendo gravados os dados da eleição suplementar para Prefeito e os candidatos que disputarão esta eleição, que ocorrerá simultaneamente com o segundo turno da eleição geral. Neste município, após votar para Presidente, os eleitores votarão para Prefeito.

Quantitativo

Para a geração de mídias, os servidores da Justiça Eleitoral devem trabalhar com 23.585 mídias de resultado (5.264 para Fortaleza e 18.321 para o interior).

Próximo passo

Depois da geração de mídias, começará a carga das urnas eletrônicas, já a partir de terça-feira, 16, em Fortaleza e de sexta-feira, 19, no interior do estado. O procedimento consistirá na colocação de uma mídia de resultado em cada urna que terminou a votação a fim de que seja feita a transição para segundo turno e na realização de um teste em todos os componentes do equipamento. As urnas que apresentaram algum problema com a gravação dos resultados no primeiro turno ou registraram baixo índice de reconhecimento biométrico serão substituídas para a votação do dia 28.

Bolsonaro e Haddad intensificam as agendas a 13 dias do segundo turno

A 13 dias do segundo turno das eleições, os candidatos à Presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) intensificam as agendas de campanha, seguindo estilos distintos. Bolsonaro aguarda a próxima quarta-feira (17) para definir o roteiro de viagens e se irá participar de debates.
Já Haddad estará hoje (15) em atos de apoio e concede entrevistas. O dia hoje de Haddad será em São Paulo, quando participa de ato em homenagem aos professores, no dia da categoria. No mesmo horário, sua vice Manuela d’Avila (PCdoB) estará em outro evento em Porto Alegre. Ao longo do dia, o candidato do PT concede entrevistas à imprensa.
Na quarta-feira (18), Bolsonaro será examinado por uma junta médica. Segundo ele, a partir dessa análise, definirá a participação em debates e viagens. Ele não divulgou agenda oficial. Mas são aguardadas reuniões ao longo do dia. Correligionários e apoiadores devem ter encontros com o candidato. Também são esperados posts nas redes sociais sobre os mais variados assuntos.

Agência Brasil

Sem Ciro, Cid deve participar de encontro pró-Haddad em Fortaleza

Enquanto o ex-governador Ciro Gomes (PDT) viaja à Europa, o senador eleito Cid Gomes (PDT) vai participar, nesta segunda-feira (15), do encontro promovido pelo governador Camilo Santana (PT), em Fortaleza, em prol da candidatura de Fernando Haddad (PT) à Presidência da República. A informação foi confirmada pelo presidente estadual do PDT, André Figueiredo, que não deve comparecer à reunião. Segundo ele, outros nomes do partido também não devem estar presentes à reunião. O PDT deliberou por apoio crítico à candidatura petista no segundo turno.
A debandada de lideranças do partido ao encontro, que deve reunir prefeitos, deputados, vereadores, integrantes de movimentos sociais em torno de uma estratégia pró-Haddad, se deve, principalmente, à postura do PDT frente à estratégia petista de isolamento, articulada para desidratar a candidatura de Ciro Gomes. O apoio oficial, no Estado, permanece, mas em tom de protesto.
“O PDT já demonstrou que vai estar com o Haddad mesmo depois de tudo o que foi feito pelo PT para afastar o nosso candidato do segundo turno. Nós não podemos nos omitir, não declarar apoio a ele, uma vez que o adversário representa algo de muito pesado pra nosso País”, afirma o presidente estadual.
André Figueiredo ressalta, porém, que o apoio é mais verbal do que prático. “Nós não vamos nos envolver em coordenação de campanha, nem aceitar qualquer tipo de cargo ou qualquer participação do governo, caso o PT seja o vencedor, porque nós já declaramos que seremos oposição, independente de quem seja eleito. Nosso apoio em relação ao Haddad é muito mais por repulsa ao que o Bolsonaro representa”.
O dirigente pedetista informou que não vai ao encontro desta segunda porque viaja para Brasília para participar de sessão da Câmara dos Deputados na terça (16). “Nós não podemos estar aqui num momento em que, evidentemente, precisamos estar presentes na Câmara porque muitas propostas do atual governo levam o Brasil a uma situação de mais retrocessos”, explica.

(DN)

Bolsonaro e Haddad vão ter de mudar Constituição para os principais projetos

Algumas das principais propostas de governo dos presidenciáveis Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) demandariam mudanças na Constituição brasileira para serem encaminhadas.
Essas alterações teriam que ser feitas por meio de propostas de emendas à Constituição, as PECs, que precisam passar por diversas instâncias de deliberação e de tramitação antes de serem definitivamente aprovadas.
Em um cenário em que a Câmara e o Senado estarão mais fragmentados do que nunca na história a partir de 2019, é quase certo que o futuro presidente terá grandes dificuldades caso queira alterar a Constituição.
Uma PEC precisa passar por votações na Câmara e no Senado para que seja aprovada. As votações se dão sempre em dois turnos, sendo exigido o apoio de pelo menos três quintos do total de membros de cada Casa para aprovação.
As principais propostas de Bolsonaro que precisariam de PECs são a redução da maioridade penal; as mudanças nas reservas indígenas; alterações no 13º salário; além da ideia de convocar uma Assembleia Nacional Constituinte, apresentada pelo vice, general Hamilton Mourão (PRTB), e depois negada pelo presidenciável.
No caso da maioridade penal, Bolsonaro tem dito que, caso eleito, deve tentar reduzi-la para 17 anos, evitando assim repercussão negativa. Outro presidente, então, faria a redução para os 16 anos.
Segundo Diogo Rais, professor de direito do Mackenzie e da FGV-SP, há uma "zona cinzenta" ao tratar da mudança.
"Há três leituras possíveis. Uma delas, a mais branda, diz que seria possível, sim, mudar por PEC. Uma segunda leitura é a de que só uma nova Constituição permitiria tal alteração, dado que a redução toca na cláusula pétrea do direito à vida. Uma terceira visão seria a de que nem mesmo uma nova Constituição autorizaria, já que o Brasil firmou compromissos com sistemas internacionais de direitos que vedam a mudança. É uma discussão que acabaria no STF", diz Rais.
Sobre o projeto do presidenciável do PSL de colocar as terras indígenas para os próprios índios administrarem, dando-lhes a possibilidade de as venderem, Rais afirma que a Constituição fala em "posse permanente" e "usufruto exclusivo das terras pelos índios, confirmando, assim, que apenas uma PEC possibilitaria a realização do projeto.
A campanha de Bolsonaro não chegou a tratar formalmente do 13º salário. Mas Mourão fez críticas ao salário e chegou a sugerir o parcelamento dos valores. Ele depois foi desautorizado por Bolsonaro, que disse que o direito não pode ser suprimido.
De acordo com o professor de direito da USP Dircêo Torrecillas Ramos, o 13º salário não pode ser extinto, mas propostas para modificar o modo de pagamento podem ser tratadas por meio de PEC. "Pode modificar se for para melhorar. Uma PEC poderia apontar uma orientação geral sobre o 13º salário, deixando mais flexível a negociação da forma de pagamento", afirma.
Na semana passada, tanto Bolsonaro como Haddad recuaram nas propostas de convocar uma Assembleia Constituinte e disseram que não pretendem encaminhá-las.

Congresso se reúne quarta-feira e deve apreciar 16 vetos presidenciais

Deputados e senadores foram convocados para sessão conjunta do Congresso Nacional nesta quarta-feira (17), que deverá apreciar 16 vetos presidenciais. Na pauta de votações, está o veto ao projeto de conversão da Medida Provisória 827/18, que regulamenta o plano de carreira dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias.
O presidente Michel Temer vetou o aumento do piso salarial dos agentes comunitários de saúde e de combate a endemias. O piso passaria de R$ 1.014 para R$ 1.550 mensais após três anos. Em 2019, seria de R$ 1.250 e em 2020,de  R$ 1.400. O salário de R$ 1.550 valeria a partir de 1º de janeiro de 2021.
O Palácio do Planalto entende que aumento salarial aprovado pelo Congresso viola iniciativa reservada ao presidente da República no que diz respeito à criação de cargos e aumento de sua remuneração. Segundo o governo, também desrespeita a emenda constitucional que estabelece o teto de gastos e a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), criando despesa sem indicar estimativa de impacto.
Além disso, cria gastos com pessoal nos últimos 180 dias do mandato presidencial, o que é proibido pela Lei de Responsabilidade Fiscal. A maior parte dos salários dos agentes é bancada pela União.

Agência Brasil

Quase 150 concursos têm inscrições abertas para mais de 30 mil vagas

Quase 150 concursos públicos estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (15) e reúnem mais de 30 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade.
Nesta segunda, sete órgãos abriram inscrições para quase 16 mil vagas. Somente na Secretaria de Educação do Paraná são 15,5 mil vagas.
Os salários chegam a R$ 26.125,15 na Defensoria Pública do Maranhão


Deputados podem votar auxílio às santas casas amanhã terça feira (16)



Na próxima semana, os deputados podem votar a medida provisória que prevê uma linha de financiamento para as santas casas com recursos do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS). Para ser votada, a Mesa precisa ler o ofício de encaminhamento da proposta para a Câmara. Há sessões marcadas para terça-feira (17).

A MP 848/18 cria essa linha de crédito para socorrer as santas casas e os hospitais filantrópicos que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o texto, 5% do programa anual de aplicações do fundo serão destinados a essa linha (cerca de R$ 4 bilhões em 2018). Os operadores serão Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e o Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Uma das mudanças no projeto de lei de conversão da MP, de autoria do senador Lasier Martins (PSD-RS), determina que a Santa Casa interessada deverá ofertar um mínimo de 60% de seus serviços ao SUS, como é atualmente exigido para ser considerada filantrópica. Terá ainda de comprovar, anualmente, a prestação desses serviços com base no número de internações e atendimentos ambulatoriais realizados.



Agência Câmara Noticias

Bolsonaro chega a 59% dos votos válidos em pesquisa BTG Pactual

Jair Bolsonaro (PSL) tem 59% das intenções de votos válidos para presidente da República e Fernando Haddad (PT) tem 41%, afirma a mais recente pesquisa BTG Pactual, divulgada nesta segunda-feira (15). O dado se refere ao cenário estimulado.
Considerando a totalidade dos dados, ou seja, registrando os votos brancos, nulos e o número de indecisos, o ex-capitão do Exército ainda assim tem o apoio de mais da metade do eleitorado: 51%. Fernando Haddad (PT), aparece com 35% das intenções. Brancos e nulos são 5%. Já os que disseram que não votariam em ninguém somam 6%. Não sabem ou não responderam 3%.
De todos os perfis avaliados, o candidato petista só venceria em três: os eleitores do Nordeste, os que ganham até 1 salário mínimo e os jovens com idade entre 16 e 24 anos.
Quando perguntados em quem vão votar sem indicação de quem são os candidatos, Bolsonaro também lideram com ampla margem. São 19 pontos percentuais de diferença: 49% a 30%. Neste cenário espontâneo, 4% votam branco ou nulo, 6% não votam em nenhum ou ninguém e 10% não sabem ou não responderam.
Dos eleitores que votam em Bolsonaro, 94% dizem que a decisão é definitiva. Ou seja, não devem mudar o voto. Entre os que preferem Haddad, 89% não devem mudar o voto. 76% dos que dizem votar em nenhum ou ninguém, e 69% dos que responderam branco ou nulo não devem alterar a decisão. A média de voto definitivo é de 90%.
Bolsonaro também tem a menor rejeição entre os dois candidatos. 38% dos entrevistados disseram que não votariam nele "de jeito nenhum". Os que nunca votariam em Haddad são 53%. Outros 54% disseram que "poderiam votar" no candidato do PSL e 39% no petista. Dizem não conhecer Bolsonaro 8% e Haddad, 7%. Não sabem ou não responderam 1% para ambos.
O Instituto FSB Pesquisa, que realiza o levantamento para o BTG Pactual, entrevistou 2 mil eleitores por telefone com idade com idade a partir de 16 anos, nas 27 Unidades da Federação.
Os dados foram colhidos entre os dias 13 e 14 de outubro. A margem de erro é de 2 pontos percentuais e o intervalo de confiança é de 95%.

(DN)





Bolsonaro e Haddad miram votos de Ciro Gomes no Ceará

A duas semanas da votação, as forças pró-Bolsonaro e pró-Haddad no Ceará passam a disputar os cerca de dois milhões de votos que o ex-presidenciável Ciro Gomes (PDT) obteve no Estado no primeiro turno.
O espólio do pedetista é vital para os candidatos Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), que disputam a corrida ao Planalto na segunda etapa.
A briga pelos votos "ciristas" começa hoje, com ato capitaneado pelo governador Camilo Santana (PT) e o senador eleito Cid Gomes (PDT). Reeleito com 79% dos votos, o petista se encontra com prefeitos às 19h.
O evento integra a agenda de mobilizações da campanha do ex-prefeito de São Paulo, com quem Camilo esteve no início da semana passada para traçar estratégias no Nordeste.
Deputado federal reconduzido, José Guimarães (PT-CE) afirma que uma das missões do governador é "pedir o engajamento dos prefeitos na campanha de Haddad".
Mas, se depender do deputado federal eleito e presidente do PSL no Estado, Heitor Freire, a tarefa não será fácil. A sigla de Bolsonaro inaugura amanhã em Fortaleza o comitê do capitão reformado.
"Convidamos prefeitos, vereadores e outros apoiadores do Bolsonaro", afirmou Freire. Entre eles, estão Capitão Wagner (Pros), campeão de votos para a Câmara, e o senador eleito Eduardo Girão (Pros).
A estratégia para ampliar a margem de votos de Bolsonaro no Ceará mira na Capital. "Nós iremos ao Interior, mas nosso foco é onde podemos ter alcance maior."
A tática tem objetivo claro: amealhar os votos de Ciro. "O voto no Ciro não foi ideológico. Muitos dos que votaram nele foi por aproximação", avalia o dirigente liberal. "Esses votos estão em disputa. Vamos dizer que a gente fique com metade, já faz a diferença pro Brasil. Minha missão é essa."
Nesse domingo, Wagner antecipou o tom da campanha. Pelas redes sociais, o parlamentar divulgou vídeo no qual Bolsonaro fala ao eleitor do Nordeste ao garantir conclusão da transposição das águas do rio São Francisco.
No Ceará, Bolsonaro alcançou 1.061.075 de votos (21,74%) ante 1.616.492 de sufrágios de Haddad (33,12%).
Segunda-feira
Encontro da campanha pró-Haddad no Ceará - participam o governador Camilo Santana (PT) e o senador eleito Cid Gomes (PDT)
Local: Marina Park (Avenida Presidente Castelo Branco, 400, bairro Moura Brasil)
Horário: 19 horas
Bandeiraço da campanha pró-Haddad
Local: esquina das avenidas 13 de Maio e Barão de Aratanha
Terça-feira
Inauguração do comitê de Jair Bolsonaro em Fortaleza
Onde: esquina entre rua Carlos Vasconcelos e avenida Antônio Sales
Horário: 19 horas

Receita Federal paga hoje quinto lote de restituição do Imposto de Renda

A Secretaria da Receita Federal paga nesta segunda-feira (15) as restituições referentes ao quinto lote do Imposto de Renda de Pessoas Físicas de 2018. Este lote também inclui restituições residuais de 2008 a 2017. As consultas foram liberadas no último dia 5.

CONSULTE O SITE DA RECEITA

Ao todo, serão pagos R$ 3,3 bilhões para 2.532.716 contribuintes. Desse valor total, R$ 3,157 bilhões referem-se ao quinto lote do IR de 2018, que contemplará 2.459.482 contribuintes.

Do valor total de restituições, a Receita Federal informou que R$ 171 milhões referem-se aos contribuintes idosos, com mais de 60 anos, ou com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave, além daqueles cuja maior de renda seja o magistério.

Depois dos idosos, contribuintes com deficiência física, mental, moléstia grave ou cuja principal fonte de renda seja o magistério, que têm prioridade no recebimento das restituições, recebem os contribuintes que enviaram a declaração no início do prazo, sem erros, omissões ou inconsistências, se tiverem direito a ela.

A Receita Federal recebeu 29.269.987 declarações do Imposto de Renda dentro do prazo legal neste ano, número acima da expectativa inicial de receber 28,8 milhões de declarações em 2018.

Malha fina
A Receita Federal informou que está notificando, por meio de cartas, cerca de 383 mil contribuintes que caíram na malha fina do 2018, para cobrar débitos no valor de R$ 300 milhões.

Nos últimos anos, a omissão de rendimentos foi o principal motivo para cair na malha fina, seguido por inconsistências na declaração de despesas médicas.

Para saber se está na malha fina, os contribuintes podem acessar o "extrato" do Imposto de Renda no site da Receita Federal no chamado e-CAC (Centro Virtual de Atendimento).

Para acessar o extrato do IR é necessário utilizar o código de acesso gerado na própria página da Receita Federal, ou certificado digital emitido por autoridade habilitada.

Juazeiro - Prefeitura discute parcerias com o Sebrae


O Prefeito Municipal, Arnon Bezerra, participou de uma reunião com Representantes da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Inovação (Sedeci) e do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para discutir ações Municipais de benefício aos Micro e Pequenos empreendedores de Juazeiro do Norte. O encontro aconteceu durante esta semana.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico e Inovação, Michel Araújo, a Sedeci tem realizado trabalhos voltados ao público empreendedor do Município. “Dentre as ações que estamos trabalhando está o Projeto Bem-vindo Romeiro, que oferece capacitações de atendimento humanizado. Outro projeto que estamos inserindo no Município é o da RedeSimples, inciativa que visa facilitar o processo de abertura de novos empreendimentos em Juazeiro do Norte”, afirma o Secretário.

O Sebrae tem sido parceiro nas ações que a Sedeci tem desenvolvido para o público empreendedor. O Articulador da Unidade de Políticas Públicas do Sebrae, Antônio Elgma, parabenizou a Prefeitura Municipal de Juazeiro do Norte, pelas iniciativas e o interesse em trabalhar o empreendedorismo local. “Nessa reunião apresentamos dois projetos desenvolvidos pelo Sebrae, o JEPP (Jovens Empreendedores Primeiros Passos), voltado ao ensino do empreendedorismo nas escolas e o Prêmio Prefeito Empreendedor, que busca premiar como forma de reconhecimento às ações que as prefeituras desenvolvem, favorecendo as micro e pequenas empresas”, explica.

O Prefeito Municipal, Arnon Bezerra, destacou a importância das parcerias para atingir objetivos que garantam o bem-estar e a inclusão dos Micro e Pequenos Empreendedores na Economia Municipal. “Acredito que toda parceria que o Município faz, é visando fortalecer o desenvolvimento local. Iremos fortalecer esses projetos que agregarão às nossas micro e pequenas empresas, nos ajudando a prosperar como Município Empreendedor”, afirma.

(Assessoria de Imprensa)

Crato recebe ONG Operação Sorriso que faz cirurgias gratuitas de lábios leporinos


Crianças e adultos com lábios leporinos foram atendidos gratuitamente no período de 11 a 14 de outubro, no Hospital São Raimundo, com a cirurgia feita pela equipe da Operação Sorriso. Após dez anos, a ONG Operação Sorriso retorna ao Cariri para mais uma missão, dessa realizando cerca de 40 cirurgias durante esse período.

Com atuação em 60 países e considerada a maior Organização Não Governamental internacional nessa área, ela vem a Região do Cariri com médicos pediatras e cirurgiões, fonoaudiólogos, enfermeiros e anestesistas. A Operação Sorriso é uma das maiores organizações médicas e já atendeu mais de 4.400 pacientes, realizou mais de 39 mil consultas médicas e operou 2.150 pessoas, tudo de forma gratuita.

O prefeito do Crato, Zé Ailton Brasil, esteve presente no hospital na última quinta-feira, 11, para agradecer pelo serviço prestado à comunidade. “Não temos como agradecer a generosidade da equipe em realizar essa ação para a população da nossa Região. Somos gratos e estamos à disposição para colaborar com o sucesso da ação da Operação Sorriso”, ressaltou o prefeito.

De acordo com Fernanda Carbonari, coordenadora do programa da Operação Sorriso Brasil, a ONG existe no Brasil desde 1997. Ela destaca que foi realizada uma pesquisa que constatou que a recorrência da fissura labiopalatina, em uma mesma família, é maior na Região do Cariri do que em outras cidades brasileiras pesquisadas. “Estamos muito felizes de voltar a Região do Cariri após 10 anos para atender os pacientes da região e promover, principalmente, o tratamento continuado desses pacientes”, disse Fernanda.

Assim como a Prefeitura do Crato, a Associação Brasileira de Cirurgia Crânio-Maxilo-Facial (ABCCMF), Marinha do Brasil, Projeto Genoma e Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a Prefeitura de Juazeiro do Norte, o Centro Universitário Doutor Leão Sampaio/UNILEÃO e o Hospital São Raimundo também são parceiros da organização para a realização da ação.

LÁBIOS LEPORINOS

Casos de lábios leporinos são mais frequentes em meninos e fissura palatina em meninas. Lábio leporino se caracteriza pela abertura na lateral dos lábios superiores, entre a boca e o nariz, resultado de má formação congênita, com maior incidência decorrente de infecções maternas durante a gravidez: rubéola, toxoplasmose e herpes. É causada ainda por alguns tipos de remédios, uso de álcool, cigarro e/ou outras drogas; deficiências nutricionais, e o próprio fator genético.

A deformação pode comprometer também dentes, gengiva, maxilar superior e o próprio nariz. Em muitos casos, este problema também vem associado à fenda palatina, uma abertura no céu da boca, parcial ou total, e que permite a comunicação direta da cavidade oral com o aparelho nasal. Tais anomalias afetam cerca de uma criança a cada 700 gestações.

(Assessoria de Imprensa)

domingo, 14 de outubro de 2018

Nesta segunda (15) - Camilo promove ato a favor de Haddad, em Fortaleza


O governador Camilo Santana vai receber nesta segunda-feira (15), prefeitos, deputados estaduais e lideranças para encontro com o presidenciável Fernando Haddad. O encontro acontece a partir das 19 horas no Marina Park, em Fortaleza.

"O Ceará tem avançado muito nos últimos anos. Temos a melhor educação pública do Brasil, somos o estado do Nordeste que mais gera empregos e trabalhamos noite e dia para melhorar a saúde, a segurança e dar mais oportunidades, sobretudo, para os que mais precisam. Nossa luta, agora, é para manter essas conquistas e avançar ainda mais. Nossa luta, agora, é pela democracia do nosso país, pelo respeito às diversidades, e contra qualquer tipo de violência”, postou o governador em sua página no Facebook.

Caririaçu festeja Dia das Crianças


A Secretaria de Assistência Social, Trabalho e Cidadania, realizou neste domingo (14), no Centro de Convenções Adalgisa Borges de Carvalho, a grande festa em comemoração ao Dia das Crianças. O evento conta com a participação de centenas de crianças acompanhadas dos pais ou responsáveis.

A programação contou com shows com palhaço Formiguinha, Boneco Biscoitinho, Galinha Pintadinha, Pica Pau, show de magicas, além de distribuição de lanches e muitas brincadeiras e diversão.

A ação, elaborada pela primeira-dama Dona Zélia Feitosa e sua equipe, tem como principal finalidade oferecer um dia motivado e animado para todas as crianças do município em comemoração ao seu Dia.

sábado, 13 de outubro de 2018

Mulher relata agressão e ofensa após discutir com apoiadores de Bolsonaro


Uma agente de saúde de 36 anos relatou ter sido agredida fisicamente e xingada por duas apoiadoras do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) nesta sexta-feira (12), em Fortaleza.
De acordo com ela (o Blog Política não revela seu nome para preservar a vítima), duas mulheres a atacaram durante uma festa do Dia das Crianças num condomínio no bairro Álvaro Weyne, por volta do meio-dia.

“Eu estava com meus dois filhos (uma de sete e outro de cinco) no prédio onde mora minha sobrinha. Tinha ido pra festa das crianças. Estava todo mundo no deck”, ela conta.
“Lá, eu gravei um áudio no Whatsapp para uma amiga sobre essas falas do Bolsonaro dizendo que nós, agentes de saúde, somos dispensáveis e que a gente ia perder nosso emprego.”
De acordo com a agente, que exerce a profissão há nove anos e trabalha num posto da capital cearense, duas pessoas que seriam moradoras do prédio ouviram a conversa e começaram a ofendê-la.

“Quando terminei de mandar o áudio, uma delas me pediu provas do que eu estava falando sobre o Bolsonaro. Eu respondi que não precisava provar nada pra elas”, narra.
“Elas ficaram xingando o Lula, dizendo que ele era como um traficante, que roubava mas não tinha nada no nome dele. Eu reagi criticando o Bolsonaro.”

Segundo a vítima, foi aí que as duas mulheres passaram a atacá-la. “Me chamaram de bicha preta e negra imunda e sem-vergonha”, conta.

“Diziam assim: ‘Vai ver que nem funcionária publica é’. E ainda falaram coisas de baixo calão
mesmo, do tipo: ‘Isso aí é falta de rola’, e coisa ainda pior.”

Ela acrescenta que foi agredida no momento em que deu as costas às moradoras para buscar os filhos na piscina do edifício e ir embora.

A agente afirma que foi derrubada no chão pelas mulheres, que lhe deram socos e arranharam o seu rosto. Uma delas chegou a morder a sua perna (foto acima).

“Ainda escutei minha filha gritando. A minha filha pedindo pra elas me soltarem”, ela chora no telefone. “Olhei pro lado e ela estava desesperada.”

A vítima deu entrada em boletim de ocorrência no 7º Distrito Policial, no bairro Pirambu. O caso foi registrado como “lesão corporal dolosa”. O caso se tornou público depois que amigos da agente postaram fotos das marcas das agressões nas redes sociais.

Na guia policial destinada à Perícia Forense que subsidia o exame de corpo de delito, o delegado fez uma observação: “Foi agredida fisicamente por simpatizantes de Bolsonaro por conta de uma divergência política”.

Nas últimas semanas, as agressões físicas com motivação política têm se multiplicado no País.
Levantamento da Agência Pública divulgado na quarta-feira, 10, mostra que, nos últimos dez dias, foram 50 ataques com esse teor, a maior parte deles praticada por eleitores de Bolsonaro.
Na segunda-feira passada, um mestre de capoeira foi assassinado na Bahia com 12 facadas após discutir com apoiadores do presidenciável do PSL.

No Recife, uma mulher que trabalha na Fundação Joaquim Nabuco foi espancada por simpatizantes do candidato.

Relatos de hostilidades contra jornalistas aumentam na mesma proporção.

A Agência Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji) contabiliza até agora pelo menos 130 casos de ataques contra profissionais de imprensa em contexto eleitoral.

Neste domingo - Desligamento de energia afeta Juazeiro e mais 32 cidades

Treze bairros de Fortaleza e outras 36 cidades do interior do Ceará terão fornecimento de energia interrompido amanhã, 14. Na Capital, a interrupção acontecerá durante a manhã, entre 8h30min e meio-dia. Alguns bairros também não terão fornecimento de energia à tarde.
 O desligamento programado anunciado previamente pela companhia energética Enel tem objetivo de executar manutenção na rede elétrica. Os bairros de Fortaleza que serão afetados pela manhã serão Ancuri, Paupina, Parque Dois Irmãos, Cambeba, Canindezinho, Edson Queiroz, Jangurussu, Messejana e Alto Alegre. Já os bairros que terão manutenção durante a manhã e parte da tarde são Papicu, Meireles, Conjunto Santa Terezinha e Vila Pery.

As cidades do interior do Estado que vão passar pelo desligamento são
Abaiara, Apuiarés, Araripe, Barbalha, Barroquinha, Boa Viagem, Brejo Santo, Camocim, Canindé, Chaval, Deputado Irapuan Pinheiro, Granja, Hidrolândia, Iguatu, Independência, Itarema, Itatira, Jijoca de Jericoacoara, Jati, Juazeiro do Norte, Mauriti, Milagres, Milhã, Missão Velha, Orós, Poranga, Quixadá, Quixelô, Saboeiro, Salitre, Senador Pompeu, Solonópole, Tamboril, Tejuçuoca, Trairi e Várzea Alegre.

A Enel Distribuição Ceará, em nota, esclareceu que o desligamento programado é uma ação preventiva, realizada diariamente para manutenções e/ou reparos na rede elétrica em todo o Estado. "O desligamento está previsto na Resolução 414 da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). A companhia informa ainda que os clientes são comunicados por meio de cartas e publicação nos jornais, com antecedência".

Para comunicar ocorrências, solicitar serviços ou informações, os clientes podem entrar em contato pelo aplicativo Enel Ceará; pelo site da companhia (www.eneldistribuicao.com.br); pelas redes sociais - Facebook (facebook.com/enelclientesbrasil) e Twitter (@enelclientesbr) ou ainda pela Central de Atendimento (0800 285 0196).

(O Povo)

Aplicativo diminui distância entre trabalhador e empregador

Os aplicativos de celular têm facilitado a vida de muita gente. O Ministério do Trabalho (MTb), acompanhando as tendências tecnológicas, lançou há quase cinco meses o Sine Fácil Empregador. O app integra as ações do Sistema Nacional de Emprego (Sine) que, há pouco mais de um ano, já havia apresentado outra ferramenta para agilizar a busca por vagas e inserção no mercado, o Sine Fácil.

Com o novo aplicativo, identificado com a letra "e" na loja virtual e disponível, no momento, na versão para Android, o empregador pode cadastrar vagas, selecionar candidatos, acompanhar entrevistas agendadas, pesquisar currículos e informar sobre o status do processo seletivo –  tudo na palma da mão. A ferramenta já teve mais de 50 mil downloads, de maio ao início deste mês.

“Com o Sine Fácil Empregador, boa parte do processo é feita digitalmente, inclusive o retorno da entrevista, que era dado, via papel, ao sistema. O app facilitou ainda mais o acesso aos serviços oferecidos pela rede Sine, sem qualquer custo e de forma mais rápida, além de permitir uma maior aproximação com os empregadores”, afirma Letícia Moreira, coordenadora da Rede de Atendimento, unidade vinculada à Secretaria de Políticas Públicas de Emprego (SPPE) do Ministério do Trabalho.

Para contar com os benefícios do aplicativo, o empregador – pessoa física ou jurídica – precisa instalá-lo no celular. Diferentemente do Sine Fácil, não será necessário nenhum tipo de identificação a partir do QR Code, mas apenas as credenciais de acesso ao Serviço de Intermediação de Mão de Obra (IMO Web). Após o download, basta seguir as etapas de cadastramento e escolher um posto gestor para incluir uma nova vaga no sistema.

“O cadastro da vaga possui as informações essenciais, mas é necessário que o Posto de Relacionamento complemente alguns campos, no momento de validação. Ele também observa se os critérios estabelecidos para a vaga estão, adequadamente, direcionados para o perfil profissional, e, caso haja necessidade, contata o empregador para flexibilizar alguns desses parâmetros”, explica a coordenadora.

Caso o empregador não possua as credenciais de acesso, ele pode se cadastrar pelo aplicativo, pelo portal Emprega Brasil ou pela rede de atendimento do Sine.

Seleção de candidatos – Entre as facilidades da ferramenta digital está a seleção de perfis para a vaga aberta. No aplicativo, o empregador tem acesso direto aos trabalhadores inscritos na Rede Sine e pode consultar algumas informações e a experiência profissional cadastradas na plataforma virtual.  Ao encontrar um candidato que se preenche os requisitos da oportunidade divulgada, o empregador pode selecionar esse perfil para a próxima etapa.

Para marcar entrevistas, basta selecionar o período. O próprio aplicativo, de forma automática, agendará a lista de candidatos selecionados.

Para consultar currículos, o empregador precisa filtrar pelo cargo desejado e pode selecionar até cinco municípios nessa busca. O resultado da consulta apresenta o número de currículos que se enquadram aos critérios selecionados.

Ao fim das entrevistas, o empregador pode inscrever no aplicativo o resultado da seleção para um ou mais candidatos. Uma vez cadastrado, somente o Posto de Relacionamento poderá alterar esse retorno, observando as regras vigentes.

(Assessoria do Ministério do Trabalho)

A partir de segunda (15) - Eleitor pode emitir certidão de quitação eleitoral


A partir da próxima segunda-feira (15), os eleitores  poderão emitir pela internet, no site do Tribunal Superior Eleitoral, a certidão de quitação eleitoral. A certidão é um documento importante  que  comprova que o eleitor está em dia com a Justiça Eleitoral, e é exigido na hora de  tirar o passaporte ou para assumir cargos públicos.

Também nos casos em que o eleitor perdeu o comprovante de votação, a certidão  pode substituir o comprovante, já que ela é uma  prova que o eleitor não possui débitos com  o TSE.

A certidão pode ser obtida pessoalmente em qualquer cartório eleitoral, para isso basta levar  o canhoto entregue no dia da votação do primeiro turno. Também pode ser emitida pelo site do TSE  ou pelo Tribunal Regional da sua federação.

Se o eleitor preferir, ele também pode baixar o  aplicativo E-titulo  no celular ou no tablet e emitir o documento.

A certidão de quitação eleitoral é um documento gratuito.

(Agência Brasil)

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Câmara Crato- Audiência pública vai discutir Sistema Único de Assistência Social


A Assistência Social é um direito do cidadão e dever do estado. É uma Política pública de Seguridade Social não contributiva, que provê através de um conjunto integrado de ações e iniciativas públicas e da sociedade o atendimento às necessidades básicas.

Para aprofundar o debate sobre as políticas públicas da Assistência Social, o Poder Legislativo Cratense vai discutir durante audiência pública o projeto de lei nº 0609001/2018 que dispõe sobre o sistema único de assistência social do município.

Audiência atende a requerimento do vereador Amadeu de Freitas (PT) e ocorrerá na próxima terça-feira, 16, às 9 horas, no plenário Paulo Bezerra sede da Câmara Municipal do Crato.

Discussão sobre o sistema único de assistência social
Dia: 16 de outubro de 2018
Horário: 9 horas
Local: Câmara Municipal
Rua Senador Pompeu, nº 468 centro- Crato-Ce.

Milagres- Mesmo sem recursos Assistência Social trabalha capacitação de jovens e melhoria de vida de idosos


“Estamos tirando leite de pedra!”, disse a Secretária da Assistência Social Soraya Bezerra. O provérbio tem ganhado as ruas da cidade, diante da postura adotada pelo Prefeito Lielson Landim e sua equipe, quando se trata de sua coragem em manter e ampliar os serviços funcionando em todas as áreas, mesmo diante da defasagem sofrida nos repasses mensais da prefeitura, o que vem comprometendo todas as demais no país.

Lielson Landim afirma que: “eu não posso parar diante do compromisso que assumi com a população. Estamos vivendo o pior momento político, administrativo e financeiro dos últimos tempos. É difícil, mas enfrentamos os desafios todos os dias e falando a verdade para a população. A minha determinação a todo o secretariado é que sejamos criativos e mãos a obra, afinal, a nossa gente quer ver trabalho e por isso vamos seguir em frente”, disse.

Para titular da pasta, Soraya Bezerra, os recursos que chegam, e com atraso, já não suportam toda a demanda apresentada. Uma das saídas encontradas e que vem apresentando bons resultados, são as parcerias firmadas pelo Prefeito Lielson Landim, com os demais setores. Cursos de capacitação e momentos de convivência e fortalecimento de vínculos para jovens e para idosos têm feito o cotidiano de todos na Assistência Social do município.

(Assessoria de Comunicação)

Inscrições para concurso do BNB vão até segunda-feira (15)

Quem pretende trabalhar no Banco do Nordeste tem até segunda-feira, dia 15, para efetuar sua inscrição para o concurso público. Está aberta seleção para os cargos de analista bancário, que exige nível médio, e especialista técnico - analista de sistemas, de nível superior. As provas serão realizadas no dia 2 de dezembro em todos os estados do Nordeste, Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Brasília.

As inscrições podem ser feitas no site da empresa organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos - Cebraspe: www.cespe.unb.br/concursos/banco_do_nordeste_18. O edital com todas as informações da seleção, como os salários e benefícios, está disponível na página.

Os candidatos a analista bancário precisam ter concluído o ensino médio até a data da posse no cargo. O mesmo vale para os especialistas técnicos - analista de sistemas, que devem portar diploma de graduação em Ciência da Computação, Engenharia da Computação, Engenharia da Informação, Informática, Sistemas de Informações, Tecnologia da Informação, Processamento de Dados, Segurança da Informação, Tecnologia em Telemática ou ter pós-graduação na área de Informática ou Segurança da Informação.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Nesta segunda-feira (15) - Encontro com Camilo e Haddad

O Governador Camilo Santana está convidando a todos Prefeitas, Prefeitos, ex-Prefeitos, Deputados, Vereadores, movimentos sociais e lideranças em geral para um grande encontro nesta segunda-feira, dia 15 de outubro, às 19h, no Hotel Marina Park.
Será um momento de agradecimento pelo grande apoio recebido e, ao mesmo tempo, de organizar a campanha Presidencial do 2º Turno a favor do Haddad e para o bem do Estado do Ceará.

Segundo pesquisa apoios não influenciam segundo turno à presidência

Em uma disputa polarizada no segundo turno entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT), boa parte dos eleitores brasileiros se mostra indiferente em relação a hipotéticos apoios dos candidatos derrotados no primeiro turno da eleição ( para a Presidência da República.
Pesquisa Datafolha divulgada nesta quarta (10) mostra que, do total de eleitores, 72% se dizem indiferentes em relação a um possível apoio de Marina Silva (Rede) a qualquer um dos candidatos que seguem na disputa.
Cenário semelhante se repete em relação a hipotético apoio de Geraldo Alckmin (PSDB),considerado irrelevante por 69% dos entrevistados. Um apoio de Ciro Gomes (PDT) também não teria influência para 63% dos eleitores.
Mesmo entre quem votou nesses candidatos derrotados no primeiro turno, os posicionamentos deles
no segundo turno têm influência restrita. Quando a pergunta sobre o apoio de Ciro é direcionada aos que declararam voto no pedetista no primeiro turno, seus eleitores se dividem. Enquanto 48% deles consideram a possibilidade de optar pelo candidato que ele apoiar, 44% se dizem indiferentes. Terceiro colocado no primeiro turno, com mais de 13 milhões de votos (12,47% do total), Ciro anunciou oposição completa a Bolsonaro e "apoio crítico " a Haddad.
Entre os eleitores de Marina, 50% mostraram indiferença quanto à influência de um eventual apoio seu para definição do voto no segundo turno, enquanto 36% cogitariam votar em quem ela apoiar. A candidata da Rede, que recebeu pouco mais de 1 milhão de votos e ficou em oitavo, diz que “será oposição a qualquer governo contra Dilma Rousseff (PT).
Para os eleitores de Alckmin, apenas 29% disseram que poderiam votar em um candidato que o tucano viesse a apoiar no segundo turno —o candidato declarou neutralidade . Novamente os que se dizem indiferentes foi maior (57%). Na primeira pesquisa do Datafolha sobre o segundo turno das eleições presidenciais, dos votos válidos, enquanto o ex-prefeito paulistano conta com o apoio de 42% dos ouvidos. O levantamento foi feito na quarta com 3.235 entrevistas presenciais em 227 municípios. A margem de erro é de dois pontos para mais ou para menos.
A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral com o número BR00214/2018.

(Folha)

Regra que impede candidatos com votação inexpressiva atingiu sete candidatos do PSL; partido seria o maior da Câmara

Vagas de quem não atingiu 10% do quociente eleitoral foram redistribuídas para outros partidos ou coligações. Aplicada pela primeira vez nas eleições deste ano, a regra que impede candidatos com votação inexpressiva de se elegerem – chamada de cláusula de desempenho individual – impediu 8 candidatos a deputado federal (7 do PSL e 1 do Novo) de ocuparem cadeiras na Câmara dos Deputados (veja tabela abaixo).
Pela nova regra, criada em 2015 com a aprovação da minirreforma eleitoral (Lei 13.165/15), um candidato a deputado federal, estadual ou distrital precisa ter um número de votos igual ou maior que 10% do quociente eleitoral para ser considerado eleito ao Legislativo.
Sem a cláusula de desempenho individual, o PSL – partido que mais ganhou deputados nesta eleição (47) – passaria a contar com 59 parlamentares a partir de 2019, ultrapassando o PT, que terá 56 deputados, como a maior bancada da Casa.
Os oito deputados que foram barrados por conta da nova regra (7 do PSL e 1 do Novo) acabaram permitindo a eleição de candidatos de outros partidos que atingiram o desempenho mínimo. Veja tabela abaixo.
A intenção da cláusula de desempenho individual é inibir casos em que um candidato com poucos votos acabe eleito com a ajuda de outro candidato da mesma coligação ou partido que recebeu mais votos do que o necessário para a própria eleição – conhecido como "puxador de votos".
Enquadram-se nesta regra candidatos que recebem milhões de votos e contribuem para eleger correligionários pouco votados. Em 2002, o ex-deputado Enéas Carneiro, do extinto Prona, recebeu um 1,57 milhão de votos e acabou contribuindo para eleger cinco candidatos de sua coligação – um deles foi Vanderlei Assis, que obteve apenas 275 votos.
O advogado eleitoral Fábio Monteiro Lima afirma que a cláusula contribui, de fato, para evitar que o eleitor vote em alguém e esse voto, ao ser direcionado ao partido, acabe contribuindo para eleger outro candidato que estava no fim da fila.
Na avaliação do advogado, muitos partidos já se adaptaram às regras para essa eleição, mas matemáticos e cientistas políticos de dentro dos partidos, segundo ele, terão de pensar melhor em como distribuir os cabeças de chapa – candidatos mais votados. “Continua existindo a figura do puxador de voto, mas agora esse puxador tem uma eficácia limitada”, finaliza.

Agência Camaras