quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

Santana do Cariri é a primeira cidade do ceará a oferecer exames de Eletrocardiograma, Looper e Holter através de equipamentos de telemedicina

A cidade de Santana do Cariri, está de parabéns, pois a administração da prefeita Danieli Machado implantou de forma pioneira em todo Estado do Ceará um aparelho de eletrocardiograma que tem a telemedicina embutida, aparelho esse que permite a realização de exames no próprio centro hospitalar do município e com recursos próprios da telemedicina. Esse aparelho possibilita ao paciente um resultado em aproximadamente 15 minutos, onde em outros casos o resultado demoraria dias para sair já que teria que ser feito em outras cidades, os exames estão sendo realizados a mais de 1 mês no próprio hospital com o aparelho está sendo disponibilizado aos Santanenses os seguintes exames:
Eletrocardiograma: ou(ECG)é um exame de saúde na área de cardiologia no qual é feito o registro da variação dos potenciais elétrico gerados pelas atividades elétricas do coração.

Holter :É a eletrocardiografia dinâmica monitorada por 24 horas, é um exame complementar que é utilizado para avaliar a presença de arritmias cardíacas, bem como irregularidades no ritmo.O sistema Holter é um dispositivo portátil que monitora continuamente a atividade elétrica cardíaca de pacientes por 24 horas ou mais.

MAPA: É a sigla de Monitorização Ambulatorial da Pressão Arterial, trata-se de um exame útil tanto no diagnóstico quanto no acompanhamento da hipertensão arterial. A pressão arterial varia constantemente por isto não podemos na maioria dos casos estabelecer o estágio de Hipertensão Arterial somente com as leituras da pressão arterial realizadas no consultório. A Telemedicina: É um processo avançado para monitoramento de paciente, troca de informação medica e analises de resultado diferentes de exames. Estes exames são avaliados e entregues de forma digital, dando apoio para a medicina tradicional.


A Telemedicina já é utilizada em todo o mundo, de forma segura e legalizada, estando de acordo com a legislação e as normas medicas. Com o uso de tecnologias de informação, que agregam qualidade e velocidade na troca de conhecimento, os médicos podem tomar decisões com maior agilidade e precisão.