bnb

segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Universitários denunciam Prefeitura de Aurora pela falta de transporte

Cópia do contrato

Cerca de 200 universitários do município de Aurora que precisam diariamente do transporte público para assistir aulas em Cajazeiras (PB) estão prejudicados pela irregularidade do serviço oferecido pela prefeitura. E o descaso chegou ao Ministério Público de quem os alunos esperam uma resposta, já que segundo eles, está cada vez mais difícil o prefeito Júnior Macedo (PR) resolver o problema que se arrasta desde agosto passado, quando iniciou-se o período letivo referente a 2017.2, colocando em risco a perda do semestre.
Conforme as denúncias, os três ônibus que deveria fazer o percurso diariamente no período da manhã e noite, estão em condições insatisfatórias. Alguns já quebraram várias vezes ao longo do percurso de 79 quilômetros que separam as duas cidades. Outras vezes, o trajeto foi interrompido por falta de combustível.
O mais grave é que, de acordo com os estudantes, é irregularidade. Embora o contrato com a Prefeitura de Aurora tenha clausula que prevê multa de 3% do valor do contrato (R$ 68 mil mensais), há dias em que o ônibus sequer aparece para levar os universitários.
O prefeito Júnior Macedo não atendeu as ligações e nem os recados deixados em seu WhatsApp feitas nesta segunda-feira (6),