bnb

sexta-feira, 10 de novembro de 2017

Mostra Sesc Cariri começa hoje com show de Lenine


 Lenine faz show de abertura da Mostra Sesc hoje, no Crato DIVULGAÇÃO



Cerca de 2500 artistas distribuídos em 260 atividades culturais que se espalham por 28 cidades do interior cearense. A expectativa é de que as apresentações cheguem a um público de 200 mil pessoas. E tudo com acesso gratuito. Não é só pelos números que a Mostra Sesc Cariri impressiona. É pela possibilidade de difundir pensamentos, trocar experiências e dar visibilidade a uma parte do que se produz no País. A programação começa hoje e segue até a próxima terça-feira, 14.
A programação da Mostra procura abarcar as mais variadas linguagens artísticas e ocupar espaços diversos. Tem arte popular no aeroporto de Juazeiro do Norte; encontro de reisados, bandas cabaçais e capoeira na Igreja do Rosário em Barbalha; teatro infantil em Penaforte; intervenção artística no Crato; circo em Nova Olinda. Um passeio por estas e outras cidades, e é possível se surpreender com um palhaço, um bailarino, uma exibição de cinema e música. Muita música.
Parte importante da programação, os shows variam de ritmo e de público, indo de estrelas da música nacional a nomes promissores da cena independente. Na primeira noite, hoje, enquanto Waldonys toca em Jardim e Luiz Fidelis em Aurora, é Lenine quem se apresenta no Crato, na Rffsa. No sábado, 11, é a vez de Erasmo Carlos tocar seus rocks e baladas em Barbalha. O encerramento da Mostra será com os Paralamas do Sucesso, apresentando o show Sinais do Sim em Juazeiro do Norte.
Algumas novidades também entram para esta 19ª edição da Mostra. É o caso do Sebo Colaborativo. A ideia é promover uma grande troca de livros na Praça da Sé do Crato. Tem ainda a Feira Popular de Cultura instalada na Praça José Geraldo da Cruz, em Juazeiro, com trabalhos de xilogravura, cordel e artesanato.
Ainda sobre os números da Mostra Sesc Cariri, 3244 trabalhos foram inscritos no edital para este ano - 41,13% a mais que para o ano passado. As regiões com mais trabalhos selecionados são o Sudeste (34) e Nordeste (27). O Ceará está representado por 74 artistas, dos quais 19 são do próprio Cariri.