bnb

segunda-feira, 13 de novembro de 2017

Mau exemplo - Farias Brito retroage e perde 44 posições no ranking do Índice de Desenvolvimento Municipal


Enquanto a maior parte dos municípios do Cariri avançaram nos últimos três anos no Índice de Desenvolvimento Municipal (IDM), que avalia os 184 municípios cearenses, Farias Brito retroagiu, ou seja, estagnou e perdeu 44 posições no ranking do IDM. É o que apontou pesquisa feita e divulgada na última sexta-feira (10) pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece).
Farias Brito foi o nono município que mais perdeu posições, passando a ocupar a 82ª colocação. Estagnada e vivenciando uma continuação política que se alterna no poder há mais de 20 anos, o município carece de infraestrutura, saúde e educação.
2017-2018 parece não ser nada animador, pois atual gestor, Zé Maria Gomes começa a enfrentar críticas nas ruas, não só de adversários políticos, mas de grande parte da população que começa a se dar conta de que o município não consegue avançar e que as promessas de campanha não são cumpridas.
O Índice de Desenvolvimento Municipal (IDM) consiste em uma avaliação multidimensional dos municípios cearenses a partir de 30 indicadores agrupados em quatro grupos (aspectos fisiográficos, fundiários e agrícolas; demográficos e econômicos; de infraestrutura; e sociais). O ranking do IDM é referentes aos anos de 2014 e 2016.