quinta-feira, 2 de novembro de 2017

Fachin manda a Moro denúncia contra Cunha, Geddel, Alves e Loures por organização criminosa

Da esquerda para a direita: Eduardo Cunha, Geddel Vieira Lima, Henrique Alves e Rodrigo Rocha Loures. 
Depois de a Câmara dos Deputados barrar a análise no Supremo Tribunal Federal da denúncia da Procuradoria-Geral da República contra o presidente Michel Temer e os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco(Secretaria-Geral da Presidência), o ministro Edson Fachin, da Corte máxima, decidiu desmembrar a denúncia para que tramite na primeira instância.