bnb

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

Dívida agrícola: BNB avança com a Lei Eunício Oliveira


O Banco do Nordeste avançou, nos últimos dois meses, com a renegociação das dívidas agrícolas com base na Lei Eunício Oliveira. A lei, sancionada no ano passado, reduz os juros e estende os prazos para os agricultores pagarem as dívidas após os cinco consecutivos de estiagem nos estados do Nordeste.
De acordo com o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB), a lei representou um grande passo para os pequenos e médios produtores rurais negociarem as dívidas. A lei, conforme enfatiza, deu proteção aos agricultores que estavam temerosos de ter bens penhorados por conta de execução judicial dos débitos.
Os dados mais recentes apresentados pelo Banco do Nordeste revelam avanço nas negociações entre a instituição e os agricultores. Eunício recebeu informações do Banco do Nordeste que mostram que, até o dia 29 de setembro, 107 mil operações de crédito rural, envolvendo R$ 4 bilhões, foram regularizadas. Desse total, 21 operações estão no Ceará, com um volume de R$ 527 milhões.