bnb

segunda-feira, 4 de setembro de 2017

Temer teve encontro pessoal com Funaro

Fontes revelaram ao blog da jornalista Andreia Sadi (Portal G1)  que o operador Lúcio Funaro já esteve, pessoalmente, com o presidente Michel Temer. Diante dessas informações, o Palácio do Planalto,  informou, oficialmente, que o presidente pode, de fato, ter conhecido Funaro no Aeroporto de Congonhas.
Segundo as fontes, o operador foi levado pelo ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ), quando este ainda não era presidente da Câmara e pegaria uma carona no voo da Força Aérea Brasileira, que atendia ao então vice-presidente Michel Temer.
De acordo com o Planalto, se a ocasião a que as fontes se referem foi essa, tratou-se, então, de um encontro rápido, em que Temer e Funaro apenas foram apresentados e se cumprimentaram.
Segundo o relato do Palácio do Planalto, Funaro não viajou no mesmo voo. E não há registro de outras possibilidades de encontro.
O operador Lúcio Funaro fez um acordo de delação premiada com a Procuradoria Geral da República. Esse acordo aguarda homologação do ministro do Supremo Tribunal Federal, Edson Fachin.
Veja abaixo a transcrição das respostas do Planalto:
"O presidente Michel Temer pode ter sido apresentado rapidamente a Lucio Funaro na báse aérea de São Paulo, pouco antes de embarque para Brasília há alguns anos. Não há outro registro de contato. 20:21"
"Não houve encontro, apenas cumprimentos rápidos. Pode ser que Eduardo Cunha tenha estado presente.
2. Eduardo Cunha embarcou com o presidente no dia deste encontro? Sim
3. E Funaro? Tb embarcou? Não
4. O que Temer e Funaro conversaram? Apenas trocaram cumprimentos.
5. Foi Cunha quem pode ter apresentado Funaro a Temer? Pode ter sido."
Resposta do Planalto sobre Funaro 1 - B