bnb

terça-feira, 12 de setembro de 2017

Procurador atuou pela J&F, diz Rodrigo Janot em despacho

Documentos internos encaminhados pelo escritório de advocacia Trench Rossi Watanabe à Procuradoria-Geral da República sugerem que o ex-procurador da República Marcello Miller atuou para o Grupo J&F antes de se desligar do cargo. A informação consta no pedido de prisão de Miller, do empresário Joesley Batista, dono da J&F, e do executivo do grupo Ricardo Saud feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot na sexta-feira passada. O Povo