bnb

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Ex-prefeito de Aurora, Adaílton Macedo "joga a toalha" e diz não ter condições financeira de disputar vaga de deputado estadual em 2018


O ex-prefeito de Aurora, Adailton Macedo descartou nesta terça-feira (22) qualquer possibilidade de concorrer a cargo legislativo nas Eleições de 2018. Em entrevista ao jornalista Roberto Crispim, o ex-prefeito alegou não ter recursos financeiros suficiente para bancar uma campanha para deputado estadual.
Por isso, de acordo com Adailton, prefere não enganar o povo de Aurora, que o elegeu prefeito por duas vezes (2009-2012 e 2013-2016). "Vou continuar colaborando com a prefeitura, mas manter uma candidatura sem recursos não será possível. Continuo ajudando o povo de Aurora, onde estou", afirmou na entrevista.
A desistência de Adailton confirma o que esse blog vem afirmando desde o início do ano, quando o ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Raimundo Macedo afirmou que deve ser o seu o nome de consenso da família para disputar vaga na Assembleia Legislativa.
Caso Raimundão seja impedido ou desista da eleição, o nome a ser apoiado será do empresário Davi Macedo, filho mais novo de Raimundão.
Com relação ao futuro político do ex-prefeito Adailton Macedo, uma volta à Prefeitura de Aurora em 2020, faz parte de seus planos, principalmente se seu primo Júnior Macedo decidir apoiá-lo. Seria uma espécie de retribuição familiar, já que em 2016, Júnior foi eleito com apoio de Adailton e da família Macedo.