BNB

terça-feira, 27 de junho de 2017

Vaccari é absolvido em segunda instância e o PT comemora

João Vaccari havia sido condenado por Sérgio Mora a mais de 15 anos de prisão na Lava Jato

Membros do PT comemoraram a absolvição João Vaccari Neto na segunda instância da Lava-Jato, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região.
Em primeira instância, o juiz Sérgio Moro, de Curitiba, havia condenado Vaccari a 15 anos e 4 meses de reclusão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro.
Atual presidente da legenda, a senadora Gleisi Hoffmann (PR) afirmou, em nota oficial, que a revisão da pena “mostra o cuidado que deveria ser tomado pelas autoridades antes de aceitar delações premiadas que não são acompanhadas de provas”.
Gleisi diz ainda que “a decisão de segunda instância também chama a atenção quanto ao uso abusivo de prisões preventivas…”
Já Rui Falcão, ex-presidente do partido, afirmou que foi uma “vitoria do PT e da verdade” e que “ninguém pode ser condenado sem provas”.
Elvino Bohn Gass (RS), por sua vez disse, que a reversão da pena é um revés para Sergio Moro. “Delação sem prova não vale”.
(Maurício Lima - Coluna Radar)