bnb

terça-feira, 13 de junho de 2017

Todos contra o Mosquito: Governo do Ceará oferece incentivo de R$ 10 milhões a municípios


Camilo fez o anúncio nesta segunda-feira (12)

O governador Camilo Santana anunciou, nesta segunda-feira (12), a liberação de incentivo de R$ 10 milhões para os municípios que atingirem os melhores resultados no enfrentamento às arboviroses (dengue, zika e chikungunya). A iniciativa foi divulgada durante o Lançamento de Ações Estratégicas de Combate ao mosquito Aedes aegypti, realizado no Centro de Eventos do Ceará.
Para receber esses recursos, cada cidade cearense precisa atender a critérios de execução das ações previstas no período de julho a dezembro de 2017, como monitorar permanentemente indicadores que apresentem impacto na redução do número de casos das doenças provocadas pelo mosquito.
Camilo Santana afirma que a medida, junto a outras ações da campanha Todos Contra o Mosquito, objetiva estimular as gestões municipais a buscarem cada vez mais o trabalho de combate ao Aedes aegypti. O governador acredita que, com pactuação entre Estado e municípios, o Ceará alcançará mais resultados positivos na redução da incidência dessas doenças, prevenção à ocorrência de casos graves e na ampliação da cobertura de visita domiciliar para melhorar a qualidade dos dados de infestação vetorial.
"Estamos nos deparando com um problema grave, que exige engajamento e mobilização de toda a sociedade cearense. Precisamos buscar sempre mais informações e levá-las para a população. Vamos mobilizar gestores municipais, empresas privadas, organizações sociais, universidades, escolas, agentes de saúde. Vamos fazer esse enfrentamento, não simplesmente anual, mas permanente. É fundamental o envolvimento de todos que fazem a gestão estadual e as lideranças municipais em todo o Ceará. Nós queremos levar adiante esse desafio, que diz respeito a vidas de pessoas, uma questão de saúde pública", explica o chefe do Executivo.
O Lançamento de Ações Estratégicas de Combate ao mosquito Aedes aegypti foi composto por gestores estaduais e municipais, agentes de saúde, estudantes da rede pública municipal de Fortaleza, associações e secretarias. Na solenidade, foram reforçadas informações sobre o trabalho preventivo nas casas e detalhamentos sobre sintomas e tratamentos acerca de cada uma das arboviroses. Além do incentivo financeiro, medidas como a teleconsultoria para arboviroses, a contratação de equipes para investigação de casos graves e formas atípicas de chikungunya e capacitação de agentes de endemias  foram apresentadas pelo Governo do Ceará.