bnb

quinta-feira, 15 de junho de 2017

SSPDS investiga se há relação entre chacinas na Região Metropolitana

Governador Camilo Santana e secretário André Costa relacionam episódios de violência a acirramento entre facções criminosas EVILÁZIO BEZERRA

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, afirmou que as recentes chacinas registradas no Ceará podem estar interligadas. Desde o último mês de março, pelo menos 17 pessoas foram mortas e oito ficaram feridas em quatro ações distintas. Por trás de cada um dos embates, estariam confrontos entre facções.
Os conflitos, que tiveram início no sistema penitenciário, repercutiram fora das muralhas na forma de acirramento na disputa por território para o tráfico de drogas. “Há grande possibilidade (de estarem relacionadas). Um grupo age contra outro e aquele depois revida. Mas tudo isso está com a DHPP (Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa). É alvo de investigação, com certeza. É prioridade nossa e no momento oportuno será dada a resposta a toda a sociedade”, assegurou.