BNB

BNB

sábado, 17 de junho de 2017

Confirmada a entrega do Minha Casa Minha Vida com as presenças do governador Camilo Santana e do ministro Bruno Araújo


Está confirmada para a próxima terça-feira, diz 20, a entrega das residências do Minha Casa Minha Vida, em Barbalha. A confirmação foi feita pelo Ministério das Cidades e pelo Governo Estadual, que juntos com a Prefeitura de Barbalha irão fazer, oficialmente, a entrega dos imóveis as 600 famílias contempladas pelo sorteio realizado pela Caixa Econômica Federal. Na entrega estarão presentes o governador Camilo Santana, o ministro Bruno Araújo, prefeito Argemiro Sampaio,  deputados, vereadores e às famílias beneficiadas.
Nos últimos dias, o  prefeito de Barbalha, Argemiro Sampaio tem sido duramente criticado principalmente pelos contemplados com o programa Minha Casa, Minha Vida, projeto criado pelo então presidente Lula (PT).
Para os futuros moradores, o prefeito tem tentado de todas as formas impedir que a obra seja entregue oficialmente pelo governador Camilo Santana, que para não ver o sonho de milhares de famílias acabar, assumiu as obras do MCMV em Juazeiro, Crato e Barbalha, depois que a empresa responsável faliu.
Segundo o prefeito, em postagem no facebook, Argemiro chegou a comunicar o cancelamento da festa de entrega. Segundo ele, o impedimento teria ocorrido em razão de convites feitos sem autorização da Caixa Econômica Federal quebrando assim o protocolo da entrega das casas, que agora seria entregue apenas com a presença da equipe da prefeitura e sem nenhum representante do estado. A justificativa parece não ter convencido o Ministério das Cidades e nem os moradores que exigem a presença do governador Camilo Santana, responsável pela conclusão da obra.
Vale lembrar que em Juazeiro do Norte as chaves foram entregues aos moradores pelo governador Camilo Santana e não houve nenhuma espécie de protocolo a que se refere o prefeito Argemiro em seu comunicado, tendo inclusive a entrega contado com a presença do prefeito da cidade de Juazeiro do Norte, Arnon Bezerra.
O vereador Dorivan Amaro lembra que as obras do Minha Casa Minha Vida de Barbalha tiveram início ainda no Governo Dilma e do ex-prefeito Zé Leite, mas por conta da irresponsabilidade financeira da empresa que havia ganho a licitação, a obra não foi entregue a tempo. "Agora com a quebradeira do Governo Federal, o governador Camilo Santana teve de agir para que as casas fossem concluídas. Essa gestão que aí está foi quem nada fez por essas famílias", concluiu.
(Com informações do Folha do Cariri)