BNB

BNB

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Após empate, Gilmar Mendes decide e absolve chapa Dilma-Temer


 Resultado de imagem para gilmar mendes

O presidente do TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Gilmar Mendes, teve o voto definitivo no julgamento da chapa Dilma-Temer. Após seis ministros se manifestaram, o presidente da Corte decidiu descordar do relator e fechou o placar em 4 a 3 favorável à absolvição da chapa Dilma-Temer. Com o resultado, Michel Temer (PDMB) fica no planalto e Dilma Rousseff (PT) não perde os direitos políticos.
O relator Herman Benjamin pediu a cassação da chapa. Em seguida, Napoleão Nunes Maia, Admar Gonzaga e Tarcisio Vieira de Carvalho Neto divergiram do relator e deram votos pró-manutenção do presidente Temer. Quinto e sexto a votarem, respectivamente, Luiz Fux e Rosa Weber, que também são ministros do STF, acompanharam Herman Benjamin e defenderam a cassação.