bnb

quarta-feira, 3 de maio de 2017

Governador visita obras do Cinturão das Águas


As obras do lote 1 (38 km) do Cinturão das Águas do Ceará (CAC), na Região do Cariri, chegaram a 80% de conclusão e deverão ser finalizadas no mês de agosto. O equipamento, que é a maior obra de infraestrutura hídrica da história do estado, recebeu a visita do governador Camilo Santana nesta quarta-feira (3). O chefe do Executivo supervisionou as obras na barragem, em Jati, ponto inicial do CAC, e no canal em Brejo Santo, além dos túneis localizados em Abaiara e Missão Velha.
"Estamos diante de uma obra histórica. Fiquei muito satisfeito com o andamento da construção do lote 1 do equipamento, que está 80% concluído e, em agosto, deve estar pronto para receber as águas da Transposição do São Francisco. Serão 30 mil litros de água por segundo transportados até o Castanhão para garantir o abastecimento em Fortaleza e Região Metropolitana", disse Camilo Santana, que aproveitou para conversar com engenheiros e operários que trabalham nos quatro lotes visitados.
Durante a visita, o governador citou a importância da obra para movimentar a economia no Cariri e em todo o Ceará. "Essa é uma obra que todos os cearenses mereciam conhecer. Foram investidos cerca de R$ 2 bilhões e gerados mais de 2 mil empregos diretos, além dos indiretos. Vai garantir o abastecimento de grande parte do estado e beneficiar todos os setores produtivos", citou Camilo Santana.
 A Obra
O lote 1, que tem 38 quilômetros e começa em Jati, na divisa com Pernambuco, está incluído no primeiro trecho do Cinturão das Águas. Com 146 km, o trecho 1 vai beneficiar mais de um milhão de pessoas na Região do Cariri, atendendo diretamente às cidades de Jati, Brejo Santo, Porteiras, Abaiara, Missão Velha, Barbalha, Crato, Nova Olinda, Milagres, Farias Brito, Lavras da Mangabeira, Iguatu, Icó, Orós, Mauriti, Aurora, Cariús e Quixelô.
(Governo do Ceará)